Posts

Ouro, prata e bronze para o Jangadeiros no 1º Brasileiro da Juventude de Vela e no 39º Sul Brasileiro de Optimist!

A tarde foi de ouro, prata e bronze para o Clube dos Jangadeiros no último dia de regatas do 1ª Campeonato Brasileiro Interclubes da Juventude de Vela e do 39º Sul Brasileiro de Optimist. Nas águas do Guaíba, em Porto Alegre, Lorenzo Balestrin foi campeão no Optimist, enquanto Breno Kneipp e Ian Paim ganharam o ouro no 29er e Guilherme Plentz, na classe RS:X. João Emílio Vasconcellos, no Laser, e Luiza Moré, no Optimist Juvenil Feminino, conquistaram medalhas de prata. Também no 29er, Giovanne Pistorello e Gabriel Simões ficaram com o bronze.

O último dia de regatas foi de comemoração para os medalhistas e os demais 200 atletas que participaram dos dois campeonatos, organizados em conjunto pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela), pelo Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e pelo Clube dos Jangadeiros.

Ballestrin arranca e vence

Com o céu nublado e bons ventos, Tadeu Rioja, do Yacht Club Santo Amaro, começou as últimas regatas na liderança do Sul Brasileiro de Optimist, mas obteve como melhor resultado apenas um 10º lugar. Com isso, Lorenzo Ballestrin assumiu a ponta, garantindo o título com 21 pontos.

Marina da Fonte, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, ficou com o segundo lugar na classificação geral, com 23 pontos, enquanto Tadeu Rioja foi o terceiro, com 28.

“Foi um campeonato difícil”, comentou Balestrin, de 14 anos. “A maior dificuldade foi me manter bem concentrado, mas deu certo”.

O vento no Guaíba estava moderado durante a prova, o que, segundo Alexandre Neves, um dos juízes, exigiu habilidade dos velejadores. “O vento médio exigiu uma regata mais ‘técnica’ do que no primeiro dia, quando estava mais forte”.

No Juvenil Feminino, Marina da Fonte, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, ficou com o título de campeã, com 23 pontos. Em segundo, Luiza Moré, do Jangadeiros, com 63, e Julia Olivier em terceiro, com 102. Já no Infantil o campeão é Erick de Mattos, com 49, seguido de Gustavo Glimm, com 52 (ambos do Veleiros do Sul), e Leonardo Didier (Yacht Clube Santo Amaro), com 91.

Clara Mateus (Iate Clube de Santa Catarina) ficou com a medalha de ouro no Infantil Feminino, com 147 pontos. O segundo lugar foi de Sofia de Faria (Iate Clube de Santa Catarina), com 152, e Gabriela Vassal (Clube de Campo de São Paulo), com 169.

Estreantes – Após a chegada, Felipe Fraquelli (Veleiros do Sul) comemorava a medalha de ouro, mas o resultado foi contestado. Alex Kuhl (Escola de Vela de Ilhabela) chegou a ser anunciado como novo campeão. No entanto, o resultado original acabou mantido. Com 12 pontos, Felipe superou Millena Holler (Veleiros do Sul), com 15, e garantiu o título. O terceiro lugar foi de Thais Freires (Cabanga Iate Clube de Pernambuco), com 16. Alex Kuhl terminou o campeonato em quarto lugar, com 25 pontos.

Ouro, Prata e Bronze no Brasileiro Interclubes

A sexta-feira também foi de ouro, prata e bronze para o Jangadeiros no 1º Brasileiro Interclubes da Juventude de Vela. No 29er, com seis pontos em sete regatas disputadas, Breno Kneipp e Ian Paim, do Clube dos Jangadeiros, terminaram em primeiro lugar, garantindo o título, e Giovanne Pistorello e Gabriel Simões em terceiro, ficando com o bronze. Guilherme Plentz foi o campeão da RS:X e João Emílio Vasconcellos conquistou a medalha de prata na Laser.

A segunda colocação no 29er foi da dupla Tiago Monteiro/Vinicius Pereira, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, com 12 pontos. Giovanne Pistorello e Gabriel Simões, donos do bronze, terminaram o campeonato com 17 pontos.

“A gente teve quatro dias com diversas condições de vento e isso serviu para mostrar que estamos treinando forte”, disse Breno Kneipp. “O vento favoreceu e deu para aproveitar bastante. Foi um campeonato interessante”, completou Paim.

Os dois campeões agora se preparam para o Mundial da Juventude de Vela, em Sanya, na China, em dezembro.

Comemorações também para Gabriel Simões, ganhador do bronze junto com Pistorello. “Foi um campeonato diferente, com muitos barcos e boa estrutura. Deu para pegar mais experiência”.

Na 420, Gabriel Lopes e João Antonio (Veleiros do Sul), garantiram o título de campeões, com seis pontos. As duplas José da Silva/Samer Kayali (Iate Clube de Santa Catarina) e Letícia da Silva e Joana Ribas (Veleiros do Sul) terminaram ambas com 15 pontos, mas nos critérios de desempate a prata ficou com os primeiros enquanto as duas meninas ganharam o bronze.

João Emílio Vasconcellos garantiu a medalha de prata no Laser, completando a tarde de títulos para o Jangadeiros. Ele terminou com 16 pontos após oito regatas. O campeão da classe foi Tiago Quevedo, com 10 pontos, enquanto Nicolas Mueller (ambos são do Veleiros do Sul) ficou em terceiro, com 19.

“Foi um campeonato muito bom, que vai servir de preparação para 2018”, disse.

Na RS:X, Guilherme Plentz, do Jangadeiros, marcou cinco pontos e ficou com o título brasileiro. A medalha de prata é de Larissa Schenker, do Team Brazil, com 9.

“Foi um baita treino para as próximas provas”, disse. Plentz agora se prepara para a III Copa Brasil de Vela Jovem, em dezembro.

Hobie Cat tem emoção até o fim

Na regata de abertura do Brasileiro de Hobie Cat 16, no domingo, a dupla Felipe Frey/Ícaro Da Macena foi a vencedora, com André Henriques/Juliana Baino, em segundo lugar. As duas duplas agora repetem a disputa que só neste sábado (18) deverá definir o campeão. Se André Juliana começaram as regatas da tarde desta sexta-feira na liderança e com três pontos de vantagem, Frey e Ícaro assumiram a primeira posição com três vitórias em quatro regatas. As duas últimas provas definem o título a partir de meio-dia deste sábado.

Com a classificação, Frey/Da Macena lideram com 14 pontos enquanto André Henriques/ Juliana Baino estão em segundo lugar, com 19. Já os atuais campeões brasileiros, Claudio Teixeira/Bruno Oliveira, estão em terceiro lugar, com 36 pontos.

“Está indefinido ainda, mas se o vento ficar parecido com o de hoje, acho que temos chance”, comentou Felipe Frey.

“Foi um bom dia. Liderei as duas primeiras regatas, mas o concorrente conseguiu ganhar e tirar a diferença”, disse André. “Mas nada está definido ainda”.

“Se um dá uma bobeira, o outro passa e leva o título”, brincou Mario Dubeux, presidente da Associação Brasileira da Classe Hobie Cat e que também compete em dupla com Karol Bauermann. “Hoje o vento esteve tranquilo e essa disputa no fim só valoriza o campeonato”.

Na Hobie Cat 14, o domínio dos velejadores catarinenses continua. As duas regatas do fim da competição, Adam Meyerle lidera o Campeonato Brasileiro e é favorito ao título neste sábado, com 8 pontos. Eduardo da Silva, com 19 pontos, é o segundo colocado e Gustavo de Souza é o terceiro, com 31 pontos.

Parabéns aos nossos atletas!!

Crédito das fotos: Claudio Bergman.

Inicia a Semana da Vela no Jangadeiros!

Você já está programado para os grandes eventos que o Clube está sediando até sábado (18)? Venha participar!

Grandes nomes da vela já estão no Janga para participar do Campeonato Brasileiro da Classe Hobie Cat 14 e 16, do 1º Campeonato Brasileiro Interclubes da Juventude da Vela e do 39º Sul Brasileiro de Optimist Para o público, além da vista encantadora de sempre e do contato com importantes velejadores, foram preparadas atividades com gastronomia, moda e música. Food trucks, quiosques de cervejas artesanais e vinícolas estarão posicionados junto à Escola de Vela Barra Limpa e, como ponto alto, o desfile de moda no feriado do dia 15 (quarta), às 19h, à beira da piscina, com peças diferenciadas e assinadas pelas designers de moda Martina Szabo e Ângela Aronne, sócias da Open Closet.

Rodrigo Porto Castro, Vice-Comodoro Esportivo do Clube dos Jangadeiros

“Na próxima semana estaremos recebendo três importantes campeonatos: o Brasileiro de Hobie Cat com toda a alegria da sua flotilha, o primeiro Brasileiro Interclubes da Juventude da Vela, que reúne os melhores atletas sub 19 do País em busca de classificação para o Mundial da Juventude e o Sul Brasileiro de Optimist, que congrega os mais jovens velejadores do Sul do Brasil. Estamos preparados para receber este grande número de atletas em alto estilo com uma estrutura em terra e água especialmente montada para esta semana”.

Nomes de peso no Brasileiro de Hobie Cat 14 e 16

Com 84 atletas inscritos no BRASCAT 2017, o Jangadeiros recebeu velejadores da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, além do Rio Grande do Sul.

E nomes consagrados da classe estiveram por aqui dando ainda maior representatividade ao evento: os gaúchos Mário Dubeux e Karoline Bauermann, atuais campeões gaúchos (sendo ele também presidente da Associação Brasileira da Classe Hobie Cat), João Kraemer e Lawson Beltrame, vice-campeões estaduais, a dupla Claudio Teixeira e Bruno Oliveira, atual campeã nacional, Claudio Cardoso, duas vezes campeão mundial, e Mequias Queiroz, Luiz Gonzaga Machado e Eluisio Biancardi, campeão mundial master em 2000.

Nessa edição, teve novidade. Pela primeira vez na classe, um atleta paralímpico competiu com o velejador Ricardo Arantes Dubeux (3º lugar no Mundial de 97). O objetivo é criar, no futuro, uma modalidade náutica de inclusão no Hobie Cat.

Do nosso clube, participaram cerca de dez atletas, entre eles Eduardo Citolin e José EscobarMário e Sandra SafferClaudio Mika e Fábio Pillar e a dupla Aleks Vasconcellos e Dani Capiotti, essa última mista (Veleiros e Jangadeiros). Todos feras no Hobie Cat.

Regatas homenagearam grandes velejadores do Hobie Cat

A tradicional Regata de Abertura, que recebeu o nome de “Mário José Dubeux Junior, O Pioneiro” (categoria HC 16) e “Ney Pacheco” (HC 14), in memorian, aconteceu neste domingo, dia (12), às 14h, e terá como ponto de partida a raia que será montada em frente às pedras da Ilha dos Jangadeiros. A chegada da regata foi na praia de Ipanema, em frente ao Ipanema Sports, próximo das 14h30min.

A regata de encerramento levará o nome do nosso sócio Nelson Piccolo, uma forma de reconhecimento por parte da Associação Brasileira da Classe de Hobie Cat ao enorme legado deixado por este grande campeão.

O evento, que tem organização do Janga e da Flotilha 051-Porto Alegre/RS da classe HC 16 e coordenação e supervisão da Associação Brasileira da Classe Hobie Cat (ABCHC) e da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), vai ter premiação e jantar de encerramento no Restaurante da Ilha, sábado, dia 18, a partir das 20h30.

Confira a galeria de fotos do primeiro dia da Semana da Vela e da Regata de Abertura do Campeonato Brasileiro da Classe Hobie Cat 14 e 16:

 

1º Campeonato Brasileiro Interclubes da Juventude da Vela vai reunir participantes de sete Estados

O Jangadeiros vai entrar para a história por sediar a primeira edição do campeonato, que começa na terça-feira (14), às 14h, e encerra na sexta-feira (17). Lembramos que o Campeonato entra nesse ano na programação anual da modalidade no ciclo olímpico dos Jogos de Tóquio-2020.

Com organização conjunta da CBVela, Comitê Brasileiro de Clubes e Clube dos Jangadeiros, as competições vão reunir atletas de até 19 anos, com cerca de 108 atletas disputando as classes RS:X (Masc. e Fem.), Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.), 29er (Masc. e Fem.), Nacra 15 (Aberto) e Optimist (Masc. e Fem.).

Já confirmaram presença os clubes: Jangadeiros, Veleiros do Sul, Yacht Clube Santo Amaro (São Paulo), Iate Clube de Brasilia, Cabanga Iate Clube (Pernambuco), Iate Clube Santa Catarina, Iate Clube do Rio de Janeiro, Iate Clube Espírito Santo e Yacht Club Ilhabela.

Confira o aviso de regata: http://jangadeiros.com.br/2017/11/instrucoes-de-regata-campeonato-brasileiro-interclubes-da-juventude-de-vela/ 

Sul brasileiro optimist

Quarta-feira (15) inicia o 39º Sul Brasileiro de Optimist

De quarta-feira (15) a sexta-feira (17), mais de 80 jovens talentos da vela dos três estados do Sul estarão convivendo e trocando experiências no tradicional evento.

Estão previstas dez regatas na categoria Veteranos e seis na categoria Estreantes, numa média de três por dia. Os velejadores concorrem nas categorias Geral, Mirim Masculino e Feminino, Infantil Masculino e Feminino, Juvenil Masculino e Feminino. Do Janga, teremos na água Amanda Plentz, Carlos Griebeler, João Henrique Almeida, Lorenzo Balestrin, Lucas Zorzi, Luiza Moré, Manoela Pereira da Cunha, Melissa Paradeda, Pedro Breternitz, Pedro Henrique Gambino da Silva e Teresa Severo, entre outros. Sorte aos nossos atletas!

Confira o aviso de regata: http://jangadeiros.com.br/2017/11/instrucao-de-regata-39-sul-brasileiro-optimist/ 

Caco Moré, capitão da Flotilha de Optimist

“O campeonato de Optimist vai servir como uma preparação para o Brasileiro da classe. Certamente teremos um bom campeonato e espero que a criançada aproveite bem a experiência e se divirta”.

 

 

Venha conhecer a primeira coleção de moda do Janga no feriado do dia 15 (quarta-feira), às 19h

Desfile comandado pelas sócias e designers de moda Martina Szabo e Ângela Aronne, da Open Closet, é a grande dica para o feriado. Ao redor da piscina, com vista para o pôr do sol e aquele astral único que o clube oferece, o evento é aberto ao público e faz parte da Semana da Vela, que engloba três importantes campeonatos da agenda nacional. Para completar o clima charmoso, degustação de cerveja artesanal, food truck, vinícola e música.

Velejadora e atleta Martina Szabo, sócia da Open Closet, com peças inspiradas no mundo náutico. Foto: Joana Baumgarten Rossari

O cenário inspirador, glamoroso e belo do Janga será palco do desfile de moda das designers e proprietárias da Open Closet Martina Szabo e Ângela Aronne. No próximo dia 15 de novembro (quarta-feira), às 19h, em pleno feriado, as sócias irão lançar a primeira coleção de roupas do clube desenhada por elas ao redor da piscina.

As peças serão apresentadas por modelos que desfilarão camisetas polo, moletons, tricôs, shorts, bermudas em sarja, vestidos longos, além de uma linha fitness. “São peças casuais com um estilo mais alinhado”, explica Martina. A cartela de cores usada pelas designers remete aos tons navy da bandeira do clube: vermelho, azul e branco, tudo com muito charme, uma vista ímpar e aberto ao público.

Além da coleção inédita do Jangadeiros, os modelos irão desfilar peças da própria Open Closet, a Open Closet Collection, toda inspirada na classe Hobie Cat. O rosa, o amarelo e o verde-limão aparecem com muita força e a graça fica por conta dos ilhoses e amarrações feitos com cabos de barcos.

Martina Szabo, sócia, atleta e designer da Open Closet

“Os anos 80 foram o auge do Hobie Cat no clube, então fizemos questão de utilizar nas roupas cores dessa década, que remetem às cores das velas do Hobie Cat”.

 

SERVIÇO

O QUE: Desfile da Open Closet com apresentação da primeira coleção de moda do Jangadeiros.

ONDE: Na beira da piscina

QUANDO: Feriado de quarta-feira, 15 de novembro, às 19h

CONVIDE SEUS AMIGOS!

Campeonato Brasileiro de Hobie Cat 2016 se encerra em Cumbuco-CE

Paisagens paradisíacas e águas desafiadoras foram as principais marcas do Campeonato Brasileiro de Hobie Cat (Brascat) deste ano, realizado na praia de Cumbuco-CE. A competição, que terminou no último sábado (5), serviu de grande experiência para nossos atletas, pouco acostumados com as condições apresentadas na localidade que é conhecida como a capital do Kite Surf. Com ondas de três metros e ventos acima dos 3o nós, a referência não é à toa.

Aos poucos, os competidores que representaram o Clube dos Jangadeiros foram se ambientando ao mar agitado e, já no segundo dia, estavam mais confiantes. “Depois do primeiro impacto, é muito mais fácil se adaptar às condições de vento. No começo, tínhamos muito receio de quebramos nosso barco por causa das ondas fortes. Mas foi uma experiência incrível”, descreve Clóvis de Oliveira que competiu ao lado da mulher Kátia Debus.

Após oito regatas, Mário e Victor Moura Dubeux foram os mais bem colocados da nossa flotilha, ficando na nona posição. Os dois ainda garantiram o quarto lugar na categoria Master. Guilherme Araújo e Karoline Bauermann (12º), João Kramer e Lawson Beltrame (16º), Clóvis de Oliveira e Kátia Debus (19ª) e Cláudio Mika e Aleks Vasconcellos (23º) completaram a nossa participação no Brascat 2016.

Que venha o Brascat 2017, que será sediado na nossa casa, no Clube dos Jangadeiros! Parabéns a todos nossos atletas que nos enchem de orgulho pelos seus feitos mundo a fora!

Campeonato Brasileiro de Hobie Cat (Brascat) 2016 vai começar

Com a perspectiva de muito vento, inicia neste final de semana, em Cumbuco – CE, o Campeonato Brasileiro de Hobie Cat (Brascat) 2016. Como de costume, o Clube dos Jangadeiros marcará presença em peso no principal evento nacional da classe. Ao todo, oito atletas do CDJ cairão nas águas da cidade que é conhecida como a capital do Kite Surf.

São eles: Cláudio Mika e Aleks VasconcellosMário Dubeux e Victor Moura DubeuxClóvis de Oliveira e Katia DebusKaroline Bauermann e Lawson Beltrame. Estes dois últimos formam duplas com Guilherme Araújo, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco e João Kraemer, do SAVA, respectivamente.

A expectativa dos nossos velejadores é das melhores. “Adoramos vento forte! No mar, as ondas são mais longas e espaçadas, proporcionando a oportunidade de ‘surfar’ melhor. Queremos também observar de perto a técnica para podermos evoluir em nossas regulagens e velajadas. O resto, é muito sol e água quente”, comentam Clóvis e Katia.

Já Cláudio Mika destaca as particularidades do clima nesta época do ano no estado do Ceará. “Os ventos alísios (direção leste) estão mais fortes, sendo comum as rajadas alcançarem até 30 Knts de intensidade”comenta. Essas condições exigem, além de muito preparo físico dos velejadores, também o aprimoramento da regulagem do barco, aliada a muita técnica, para se tirar todo o seu potencial, sem risco de virar.

Com um cenário tão particular, Mika tem feito uma preparação especial. Ele tem dedicado boa parte do seu tempo treinando na academia do clube para tentar equilibrar a parte física aos 60 anos. “Unindo a experiência de quem vai para o seu 23º campeonato brasileiro consecutivo (recorde nacional) com a do meu proeiro, acho que faremos um bom campeonato, especialmente na nossa categoria, que é a dos velhinhos”, brinca.

Outro que é já está bastante familiarizado com o Campeonato Brasileiro é Mário Dubeux. Mesmo quando não tem condições de competir, o capitão de flotilha da HB16 do Clube dos Jangadeiros dá um jeito de colaborar. “Em 2014, mesmo de muletas, ajudei na organização do torneio”, lembra.

No entanto, apesar de toda essa bagagem, Mário viverá uma situação especial no evento deste ano. “Será um momento de compartilhar o momento mágico de velejar ao lado do meu filho. O resto é lucro. Estou ansioso para aproveitar uma semana no Ceará”, encerra.

O Campeonato Brasileiro de Hobie Cat 2016 inicia no sábado (29) e vai até o dia 5 de novembro. Boa sorte a todos nosso atletas!

Final de semana foi de Campeonato Estadual de HC-16 e Soling no Jangadeiros

O último final de semana foi marcado por muita competição no Jangadeiros. O Clube recebeu a segunda etapa do Campeonato Estadual de Hobie Cat 16 e de Soling. Mesmo com pouco vento, os barcos foram cedo para a água e, perto das 13:30 de sábado, foi dada a largada para a primeira regata do HC-16 do dia, a quinta do torneio. Logo depois foi a vez da outra classe começar cair no Guaíba.

Se sábado foi um dia de pouco vento, mas suficiente para se velejar o domingo as condições foram totalmente opostas. O mau tempo, especialmente a forte chuva, impediu  que fosse realizadas as provas previstas. Assim, ao todo, foram disputadas cinco regatas, duas de Soling e três de Hobie Cat 16. Na primeira classe seis embarcações  lutaram pelas primeiras posições no ranking, já na HB-16 foram treze barcos.

Finalizada a segunda etapa do Estadual,  João Kraemer e Lawson Beltrame, do SAVA, lideram no Hobie Cat e George Nehm, Marcos Pinto Ribeiro e Alexandre Mueller, do VDS, estão na primeira colocação no Soling.

Confira a classificação completa em do HC16 e do Soling.

 

Hobie Night: uma festa para celebrar a amizade

Na noite do último sábado (8), entrando madrugada a dentro de domingo, aconteceu a festa de uma das flotilhas mais companheira e descontraída do Jangadeiros, a Hobie Cat. Cada um que prestava seu depoimento à reportagem sempre fazia questão de enaltecer : somos uma grande família – como se precisasse de qualquer tipo de declaração como essa.

Esse clima de cumplicidade e parceria era observado na alegria demonstrada a cada chegada de um convidado. E foi nessa atmosfera que a Hobie Night aqueceu o clima gelado típico da beira do Guaíba.  Com muita comida gostosa, dança e música boa. Até Mário Dubeux, capitão da flotilha de Hobie Cat do Jangadeiros, se arriscou nas pickups .

“A classe Hobie Cat é tradicionalmente festeira, ela tem um espírito muito jovem, apesar de os participantes nem sempre serem jovens. É uma classe que foi idealizada por surfistas, então, nós temos essa veia”, explica Dubeux. Para ele, uma festa como essa sintetiza a essência da classe: animada, na beira de um rio, em um clube diferenciado como o Jangadeiros e, é claro, na presença de um barco que chama atenção a primeira vista e que é sinônimo de adrenalina e velocidade. Não por acaso, as duas embarcações presentes na decoração do evento foram os cenários preferidos para as fotos de recordação da noite.

Quer saber mais sobre o que rolou na Hobie Night e conhecer mais histórias de quem faz parte dessa flotilha? Fique ligado na Jangada News desta semana!

 

Regatas de aniversário: Surpresa na classe Hobie Cat

Uma das disputas mais acirradas das regatas de aniversário do Clube dos Jangadeiros aconteceu na classe Hobie Cat 16. Com 16 barcos na raia, as tripulações lutaram do início ao fim da prova, mostrando talento e muita garra. Quem levou a melhor foi Gustavo Lis (foto), do Veleiros do Sul, que competiu ao lado do garoto Bernardo. “A vitória teve um gostinho especial. Precisei fazer muita força, pois o meu proeiro ainda é muito jovem. Mas consegui segurar os adversários”, vibrou o timoneiro campeão. “Tive um problema no início da regata e acabei fazendo uma prova de recuperação. Eu e a Karol velejamos bem, mas o Gustavo estava inspirado”, contou o segundo colocado Mario Dubeux, do Jangadeiros, brincando em seguida: “Vou dar o troco na regata de aniversário do Veleiros”. A dupla Cláudio Mika/Marcelo Pillar completou o pódio. Confira os resultados finais:

Hobie Cat 16

01º Gustavo Lis / Bernardo (VDS)

02º Mário Dubeux / Karol Bauermann (CDJ)

03º Cláudio Mika / Marcelo Pillar (CDJ)

04º Guilherme Cruz Borges / Jussara Ifarraguirre (SAVA)

05º Eduardo Ekman / João Kraemner (VDS)

06º André Huyer / Michelle Pandolfo Oliveira (VDS)

07º Marcelo Vera / Maria Inês Vera (SAVA)

08º Mario Saffer / Sandra Axelrud Saffer (CDJ)

09º Luis Schneider / João Francisco Landfred (VDS)

10º Aleks Vasconcellos / Daniela Saffer (CDJ)

11º Clóvis de Oliveira / Karolina Debus (SAVA)

12º Alexandre Fontena / Leandro Corrêa (SAVA)

13º Delmar Meinerz / Gertrud Didentmaler (SAVA)

14º Ricardo Lis / Diego (VDS)

Hobie Cat 14

01º João Carlos Lindau (CDJ)

02º Bruno Barreto (SAVA)

 

 

Foto: Claudio Bergman.

Veja como foi o 20º Brascat de Dubeux e Mika

Terminou nesta sexta-feira, dia 15, o Campeonato Brasileiro de Hobie Cat, o Brascat 2013. Organizado pela Associação Brasileira da Classe Hobie Cat, com o apoio da Prefeitura de Ilhabela e da BL3 Escola de Iatismo, o evento foi realizado na Praia da Armação, em Ilhabela, São Paulo, e reuniu mais de 80 competidores. Na classe HC 16, o título ficou com a dupla José Roberto de Jesus/Anderson Brandão, que terminou a competição com apenas 21 pontos perdidos, após 10 regatas e dois descartes. Multicampeão da classe, Bernardo Arndt, o Baby, que competiu ao lado da filha Marina, foi o segundo colocado, com os velejadores Claudio Luiz Teixeira e Bruno Oliveira completando o pódio.

Entre os velejadores do Jangadeiros, os destaques foram Mario Dubeux e Claudio Mika da Silva, que participaram do Campeonato Brasileiro de Hobie Cat pela 20ª vez consecutiva. “São 20 anos tomando couro”, brincou Mika, que este ano competiu ao lado de Aleks Vasconcellos e terminou em 18º lugar. “O tempo passa rápido demais. Parece que foi ontem que eu e o Mika velejamos juntos em Maria Farinha,  Pernambuco”, emendou Dubeux, atual campeão gaúcho da classe, que disputou do Brascat 2013 em parceria com Karoline Bauermann. A dupla foi a melhor tripulação do Rio Grande do Sul na competição, alcançando a 14ª colocação.

Também competiram em Ilhabela a dupla Mario Saffer/Claudio Baques (30º lugar) e o velejador João Felipe Kraemer, que ficou com o 22º lugar e com o título na categoria Barco Nacional. Ele competiu ao lado de Guilherme Borges, do Sava Clube. Confira a súmula final completa aqui.

Mario e Karol entram no top 15 do Brascat 2013

Após oito regatas e um descarte, o Jangadeiros já tem uma dupla no top 15 do Campeonato Brasileiro de Hobie Cat, o Brascat 2013. Com um 9º lugar na primeira prova desta quinta-feira, dia 14, e um 14º na segunda, Mario Dubeux e Karoline Bauermann ganharam duas posições, terminando o dia em 15º lugar. Os velejadores Claudio Mika da Silva e Aleks Vasconcellos também foram bem, pulando da 21ª para a 19ª colocação. A dupla Mario Saffer/Claudio Baques manteve-se em 30º lugar. Na parte de cima da tabela, José Roberto de Jesus e Anderson Brandão lideram com folga, 10 pontos a frente de Marcos Ferrari e Caroline Sylvestre. A dupla Bernardo Arndt/Marina Arndt aparece em terceiro lugar.

Realizado na Praia da Armação, em Ilhabela, São Paulo, o Brascat 2013 vai até o próximo sábado, dia 16. Confira a súmula completa aqui.

Mika e Aleks sobem no Brascat 2013

Em um dia de apenas uma regata disputada na Praia da Armação, em Ilhabela, São Paulo, a classificação do Campeonato Brasileiro da Classe Hobie Cat não sofreu grandes alterações. Os velejadores José Roberto de Jesus e Anderson Brandão seguem na liderança, mas agora com Bernardo e Marina Arndt na segunda posição. O destaque entre as tripulações do Jangadeiros foi a dupla Claudio Mika da Silva/Aleks Vasconcellos, que pulou para o 21º lugar. Já Mario Dubeux e Karoline Bauermann seguem em 17º e Mario Saffer e Claudio Baques, em 30º.

O Brascat 2013 vai até o próximo sábado, dia 16, e é organizado pela Associação Brasileira da Classe Hobie Cat, com o apoio da Prefeitura de Ilhabela e da BL3 Escola de Iatismo.

Foto: Thiago Rodrigues.