Posts

Fernanda e Ana Barbachan competem no Sul-americano da classe olímpica 470, em Buenos Aires

Internacional: Parabéns Fernanda Oliveira e Ana Barbachan!

As melhores do mundo: Fernanda Oliveira e Ana Barbachan conquistam o 4º lugar feminino do Norte-Americano da classe 470 em Miami

RESULTADOS: https://goo.gl/XDLuLZ

A nossa dupla olímpica Fernanda Oliveira e Ana Barbachan estreou muito bem nas competições internacionais de 2018. Faltou pouco para elas subirem ao pódio. De oito regatas disputadas entre as melhores do mundo na categoria Feminino, a meninas venceram três no Campeonato Norte-Americano da classe 470 em Miami, no Coconut Grove Sailing Club. A competição de três dias encerrou nesta segunda-feira (15).

“Competiram 30 barcos no Feminino, foi um campeonato bem difícil, mas ficamos muito felizes com esse recomeço no cenário internacional. Conseguimos ganhar três regatas das oito e ficamos bem contentes. As duplas mais fortes do circuito mundial estavam presentes. Foi um resultado bem positivo. Ficamos bem animadas. Hoje é a nossa folga e depois retomamos os treinamentos, pois na próxima terça-feira começa a etapa da Copa do Mundo também aqui em Miami”, diz Fernanda Oliveira.

SOBRE A CLASSE 470

A 470 é uma classe olímpica de vela, disputada em provas femininas e masculinas. O nome deve-se ao comprimento da embarcação, que é de 470 cm. O 470 é uma embarcação oficial das competições de vela desde 1969. Nos Jogos de 1976 em Montreal passou a ser uma classe olímpica. Inicialmente, era uma classe aberta a ambos os sexos. Desde os Jogos de Seoul (1988) que a competição é feita em eventos separados de mulheres e homens. O 470 foi o primeiro evento olímpico de vela para mulheres.

Crédito: Matias Capizzano

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan estão entre as 10 melhores no Campeonato Norte-Americano de 470, em Miami

A dupla olímpica Fernanda Oliveira e Ana Barbachan inicia 2018 enfrentando o Campeonato Norte-Americano da classe 470 em Miami, no Coconut Grove Sailing Club. A competição iniciou no sábado (13) e termina hoje (15). Fernanda e Ana estão no último dia do campeonato e correm entre as 10 melhores!

Em fevereiro, as atletlas aterissam em Buenos Aires para competir no Sul-Americano e em abril participam de mais uma etapa da Copa do Mundo de Vela na França. Em final de julho seguem para o Mundial de Vela em Aarhus, na Dinamarca, principal de classificação para os Jogos Olímpicos e em setembro é a vez de embarcarem para o Japão para o evento-teste dos Jogos Olímpicos.

Fernanda e Ana venceram a Copa Brasil de Vela 2017 em Ilhabela, o que garantiu para a dupla um lugar na Equipe Brasileira de Vela de 2018 na Classe 470 feminina.

Crédito da foto em destaque: Matias Capizzano

Dupla do Jangadeiros Fernanda Oliveira e Ana Barbachan é campeã brasileira na classe 470 Feminina . Nossas atletas passaram a integrar a Equipe Brasileira de Vela 2018

O fim da Copa Brasil 2017, neste sábado, dia 16, marca a virada do calendário para a vela brasileira. Os campeões da principal competição do país, que foi disputada ao longo da última semana em Ilhabela, garantiram vaga na equipe nacional para 2018. Nas classes olímpicas, os vencedores foram: Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculina), Jorge Zarif

A competição ratificou a força de favoritos como Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Patrícia Freitas (RS:X feminina), Jorge Zarif (Finn), que mantiveram a hegemonia em suas classes.  Na classe 49er FX, as titulares da Equipe Brasileira são as campeãs olímpicas Martine Grael (que está na disputa a Regata de Volta ao Mundo) e Kahena Kunze. Na classe Nacra 17, a definição da dupla titular está prevista para o Troféu Princesa Sofia, na Espanha, no ano que vem.

Ao longo da semana, de forma inédita na história da competição, as regatas tiveram transmissão ao vivo em vídeo no canal de YouTube da CBVela, no link abaixo:

https://www.youtube.com/user/CBVela

CAMPEÕES DA V COPA BRASIL DE VELA 2017

470 masculino – Geison Mendes e Gustavo Thiesen, 9 pontos perdidos

470 feminino – Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, 25 pontos perdidos

Finn – Jorge Zarif, 9 pontos perdidos

Laser Radial feminino – Gabriela Kidd, 38 pontos perdidos

Laser – Bruno Fontes, 11 pontos perdidos

49er – Carlos Robles e Marco Grael, 12 pontos perdidos

RS:X masculina – Gabriel Pereira, 16 pontos perdidos

RS:X feminina – Patrícia Freitas, 39 pontos perdidos

Kitesurfe Foil – Bruno Ferreira, 10 pontos perdidos

Kitesurfe Tubular – Bruno Lima, 11 pontos perdidos

29er (Vela Jovem) – Matheus de Azevedo e Leo Accioly, 13 pontos perdidos

Snipe – Matheus Oliveira e Raphael Carballo, 8 pontos perdidos

Laser Radial masculino – Leonardo Motta, 18 pontos perdidos

Optimist – Mario de Carvalho (Veterano Juvenil), 4 pontos perdidos

Resultados completos: http://copabrasildevela.cbvela.org.br/

Fonte: Confederação Brasileira de Vela

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan 02_Crédito Ana Catarina CBVela

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan 01_Crédito Ana Catarina CBVela

Crédito das fotos: Ana Catarina/ Lima Filmes

Equipe Brasileira de Vela 2018 Crédito CBVela

Está definida a Equipe Brasileira de Vela! Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculina), Jorge Zarif (Finn), Gabriella Kidd (Laser Radial), Bruno Fontes (Laser), Carlos Robles e Marco Grael (49er), Patrícia Freitas (RS:X feminina) e Gabriel Pereira (RS:X masculina). Crédito: CBVela

Dedicação reconhecida: Fernanda Oliveira e Ana Barbachan recebem homenagem do Governo do Estado do RS

A tarde de segunda-feira (10) foi de homenagem a duas de nossas principais atletas: Fernanda Oliveira e Ana Barbachan. Juntamente com outros competidores olímpicos e paralímpicos do Rio Grande do Sul, elas receberam o Diploma de Participação dos Jogos Rio 2016, no Palácio Piratini. Na ocasião, ambas foram representadas por Günther Staub, vice-comodoro de planejamento e marketing do Jangadeiros.

“O Jangadeiros tem muito orgulho de ter em seu quadro Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, nossas atletas olímpicas, que também já participaram em outras Olimpíadas. Isso engrandece o Clube, que está fazendo 75 anos. Muito obrigado a vocês duas e parabéns”, declarou Staub.

A solenidade iniciou com a fala de Victor Hugo, Secretário de Estado do Turismo, Esporte e Lazer e também da Cultura. Ele aproveitou a oportunidade para fazer uma analogia entre o seu caso, em que acumula duas pastas, e o de atletas que precisam dar o seu máximo e, muitas vezes, atuar em posições que não são as suas. Tudo pelo coletivo.

“Eu acho que é mais ou menos como na vida de um atleta quando o treinador diz assim: ‘vai, vai, o time está precisando, joga um pouco fora da tua posição’. Tem isso na vida do esportista e aí vem aquela palavra da superação. De correr um pouco mais, de buscar forças onde parece que não existe”, exemplificou Hugo.

Na sequência, outras autoridades presentes exaltaram os feitos dos competidores e destacaram a importância do incentivo ao esporte. Afinal, não foi por mero acaso que dezenas de atletas e técnicos gaúchos participaram – e com bons resultados – de duas das mais importantes competições mundiais.

Para finalizar a cerimônia, José Ivo Sartori, governador do Estado, exaltou o poder de transformação social do esporte e se comprometeu em continuar incentivando o crescimento das mais diversas modalidades. “A superação das pessoas constrói histórias. Quando tem agregação, quando tem equipe, quando tem boa vontade, as coisas acontecem. Estou olhando para todos que receberam aqui o diploma e a medalha João Saldanha e tenho certeza que vocês estão recebendo isso porque representam o capital humano do Rio Grande do Sul”, finalizou.

Fernanda e Ana competem na França

Após o 4º lugar em Palma de Mallorca no inicio do mês, as velejadoras Fernanda Oliveira e Ana Barbachan já se preparam para mais uma etapa da Copa do Mundo de Vela. Desta vez, o desafio será encarado em Hyeres, na França, entre os dias 19 e 26 de abril. A dupla do Jangadeiros é a atual campeã da competição e viajará para o Velho Continente nesta terça-feira (15), com o objetivo de continuar subindo no ranking mundial da Federação Internacional de Vela. Atualmente, as atletas estão em 10º lugar na classe 470, da qual chegaram a ser líderes em 2013. “Em Hyeres costuma alternar ventos muito fracos com muito fortes, o que é excelente para aperfeiçoarmos nas duas condições”, comenta Fernanda.

Integrantes da Equipe Brasileira de Vela e atletas do Jangadeiros, Fernanda e Ana são patrocinadas por Furnas, pelas empresas BIC, Sulgás e Sulamérica e tem o apoio da CBVela, da Time Brasil e do Bradesco.

Acompanha a etapa de Hyeres da Copa do Mundo de Vela aqui.

.

Foto: Jean-Marie Liot/Arquivo.

Fernanda e Ana aparecem em 10º lugar em ranking da classe 470

O bom desempenho no 45º Trofeo Princesa Sofía rendeu às velejadoras gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan uma posição no ranking mundial da classe 470. A dupla do Clube dos Jangadeiros terminou a tradicional competição realizada em Palma de Mallorca na 4ª colocação, em uma disputa que reuniu 47 tripulações, e pulou do 11º para o 10º lugar. Com apenas três eventos computados (a maioria das duplas tem seis), as atletas porto-alegrenses somam 556 pontos na classificação divulgada pela Federação Internacional de Vela (Isaf, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, 7 de abril. A liderança é das francesas Camille Lecointre e Helene Defrance, que tem 946, seguidas pelas atuais campeãs olímpicas e do Trofeo Princesa Sofía, Jo Aleh e Polly Powrie, da Nova Zelândia, com 897.

O melhor momento de Fernanda e Ana no ranking aconteceu em 2013, quando as velejadoras venceram três etapas da Copa do Mundo de Vela (Miami, Palma de Mallorca e Hyères) e assumiram o primeiro lugar. Sem competir desde agosto passado, a dupla havia caído para a 11ª posição.

Confira todos os rankings da Isaf aqui.

.

Foto: Martinez Studio/45º Trofeo Princesa Sofía.

Vela brasileira brilha em Palma de Mallorca

O Brasil brilhou no 45º Trofeo Princesa Sofía, quarta etapa da Copa do Mundo de Vela, realizada entre os dias 31 de março e 5 de abril, em Palma de Mallorca, na Espanha. Formada por 36 velejadores, a equipe que representou o País obteve grandes resultados na tradicional competição, classificando cinco tripulações para as medal races. O destaque do time brazuca foi a dupla fluminense Martine Grael e Kahena Kunze, que, após grande campanha, conquistou o título na classe 49erFX. Líderes do ranking mundial, as atletas dominaram o campeonato desde o primeiro dia de regatas, terminando com uma vantagem de sete pontos sobre as dinamarquesas Ida Marie Nielsen e Marie Olsen, que ficaram com a prata.

Quem também mostrou que vive grande momento foi a tripulação gaúcha Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, do Jangadeiros. As velejadoras estiveram no top 10 da classe 470 durante toda a competição, terminando o evento 4º lugar. Ainda na 470, as niteroienses Renata Decnop e Isabel Swan também mostraram muito talento, finalizando o Trofeo Princesa Sofía na 10ª colocação.

Entre os homens, o multicampeão Robert Scheidt mais uma vez roubou a cena. O paulista chegou a liderar a classe Laser por alguns dias, mas acabou o campeonato em 9º lugar. Na RS:X, Ricardo Santos, o Bimba, foi o sétimo colocado. Confira abaixo todos os campeões do 45º Trofeo Princesa Sofía:

.

49er: Peter Burling / Blair Tuke (Nova Zelândia).

 49er FX: Martine Grael / Kahena Kunze (Brasil).

470 – Masculino: Sime Fantela / Igor Marenic (Croácia).

470 – Feminino: Jo Aleh / Polly Powrie (Nova Zelândia).

Finn: Giles Scott (Grã-Bretanha).

Laser: Tom Burton (Austrália).

Laser Radial: Marit Bouwmeester (Holanda).

Nacra 17: Billy Besson / Marie Riou (França).

RS:X – Masculino: Pierre Le Coq (França).

RS:X – Feminino: Charline Picon (França).

2.4mR: Helena Lucas (Grã-Bretanha).

.

Veja os resultados completos aqui.

Foto: Jesus Renedo / Sofia.

Dia de ventos fortes no 45º Trofeo Princesa Sofía

Os limites dos competidores foram testados nesta quinta-feira, 3 de abril, em Palma de Mallorca, na Espanha, no quarto dia de disputas do 45º Trofeo Princesa Sofía. Com ventos variando entre 20 e 25 nós, as regatas tornaram-se verdadeiras provas de habilidade e coragem para as tripulações das classes 2.4mR, 49er, 49erFX, Finn, Laser, Laser Radial, Nacra 17 e RS:X (Masculino e Feminino), e acabaram canceladas para a 470 (masculino e feminino). Com isto, as velejadoras Fernanda Oliveira e Ana Barbachan seguem na quarta colocação, com 31 pontos perdidos. A dupla do Jangadeiros integra a Flotilha Ouro e disputará amanhã as regatas que definirão as tripulações que participarão da Medal Race, no sábado, 5 de abril.

Confira todos os resultados do 45º Trofeo Princesa Sofía aqui.

.

Foto: Martinez Studio.