Posts

Tiago Brito e Philipp Essle são campeões em Florianópolis

O velejador Tiago Brito mostrou nos dias 20, 21 e 22 de março porque é apontado como uma das principais promessas da vela brasileira. Competindo pela primeira vez ao lado do paulista Philipp Essle, do Yacht Club Santo Amaro, o atleta do Jangadeiros venceu a Copa da Juventude e garantiu a vaga para o Campeonato Mundial da Juventude, que acontecerá em Tavira, Portugal, de 12 a 19 de julho. A dupla teve um desempenho praticamente perfeito em Florianópolis, Santa Catarina, onde a competição foi disputada, vencendo quatro das seis regatas realizadas para a classe 420. “Apesar de ser o nosso primeiro campeonato juntos, conseguimos andar rápido e velejar bem”, comemorou Tiago, campeão da Copa da Juventude e do Mundial da Juventude, em 2013. Ele também destacou a semelhança física d proeiro paulista com Andrei Kneipp, seu parceiro na vitoriosa campanha do ano passado. “O Philipp tem o mesmo biótipo do Andrei, que é perfeito pra a classe 420. Isto ajudou muito”, ponderou o velejador de 17 anos, formado na Escola de Vela Barra Limpa.

Além de Tiago e Philipp, outros nove velejadores obtiveram vaga para a seleção nacional de vela jovem. Após enfrentarem dois dias de ventos fracos, os competidores encerraram as disputas com ventos de até 20 nós (aproximadamente 40km/h), no terceiro e último dia de competição. Eles protagonizaram belas disputas na raia de Jurerê e mostraram que o Brasil estará bem representado no Velho Continente. “Nossa expectativa é de um grande desempenho dos nossos atletas. A competição em Florianópolis foi excelente e muito bem organizada pelo Iate Clube de Santa Catarina. Estamos muito satisfeitos com tudo e vamos para Portugal com um time forte e experiente. Temos atletas que já foram campeões mundiais e outros que tem uma ótima bagagem de competições”, disse Ricardo Baggio, superintendente da Confederação Brasileira de Vela.

.

Seleção da Vela Jovem classificada para o Mundial:

Classe 29er – Antonio Aranha / Stephan Kunath.

Classe 420 Masculino – Tiago Brito / Phillip Essle.

Classe 420 Feminino – Giuliana Tozzi / Marina Arndt.

Classe Hobbie Cat – Kim Andrade.

Classe Laser Radial Masculino – Martin Lowy.

Classe Laser Radial Feminino – Maria Carolina Boabaid.

Classe RS:X Masculino – Brenno Francioli.

Classe RS:X Feminino – Maria Carolina da Cruz.

.

Classificação final:

Súmula completa da classe 29er.

Súmula completa da classe 420.

Súmula completa da classe Hobie Cat 16.

Súmula completa da classe Laser Radial.

Súmula completa da classe RS X.

.

Foto: Gabriel Heusi / Iate Clube de Santa Catarina.

Tiago Brito e Philipp Essle disparam na liderança

Pelo segundo dia consecutivo, os ventos não ajudaram e a Copa da Juventude de Vela foi disputada em condições adversas na raia de Jurerê, na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina. Com ventos rondados e intensidade fraca, nesta sexta-feira, 21 de março, os competidores tiveram muitas dificuldades, mas o alto nível de competição provou que os brasileiros estão prontos para encarar o mundial. E, mais uma vez, quem brilhou foi o velejador do Jangadeiros Tiago Brito, que compete em parceria com o paulista Philipp Essle, do Yatch Clube Santo Amaro. A dupla venceu as duas regatas do realizadas para a classe 420 e, agora, lidera com nove pontos de vantagem sobre os segundos colocados. Entre as mulheres, Giuliana Tozzi e Marina Arndt estão na frente na disputa pela vaga.

Na Laser Radial Feminino, a catarinense Maria Carolina Boabaid conseguiu recuperar-se nesta sexta-feira. A campeã brasileira sub-19 assumiu a liderança da competição e está muito próxima da classificação para Tavira, em Portugal, sede do Mundial. Entre os homens, o paulista Martin Lowy, do Yacht Clube de Santo Amaro, venceu as duas regatas do dia e passou a liderar a classe, seguido de perto pelo gaúcho Antonio Cavalcanti.

Na 29er, a dupla paulista Antonio Aranha e Stephan Kunath venceu as duas regatas do dia e deram um grande passo para o título, em Florianópolis. O mesmo acontece com Kim Vidal e Antonio Carlos Neto, vitoriosos nas duas regatas da classe Hobie Cat.

Fechando as disputas, Brenno Francioli venceu mais duas regatas na RS:X Masculino e é o grande favorito para o último dia de competições. Já na versão feminina da prova, Maria Carolina da Cruz está na frente.

Neste sábado serão definidos os grandes campeões da Copa da Juventude de Vela e a expectativa é de que as condições melhorem um pouco para a grande final. A previsão aponta para a entrada de vento sul em Jurerê e, com essa expectativa, espera-se que sejam realizadas três regatas para definir os campeões das oito classes. O evento é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Vela.

Confira as súmulas completas aqui.

.

Foto: Gabriel Heusi/Iate Clube de Santa Catarina.

Tiago e Andrei são campeões brasileiros da classe 420

Os velejadores Tiago Brito e Andrei Kneipp conquistaram neste sábado, 25 de janeiro, o título do Campeonato Brasileiro da classe 420. A dupla do Clube dos Jangadeiros venceu oito das dez regatas disputadas em Búzios, no Rio de Janeiro, onde a competição foi realizada entre os dias 20 e 25 de janeiro. “Queríamos muito vencer este campeonato porque era a nossa despedida da classe. A partir de agora pensaremos só na 470”, comemorou Tiago, o timoneiro da dupla. “Estávamos muito rápidos e, apesar de não velejarmos de 420 há algum tempo, continuamos entrosados”, ponderou Andrei.

Sediado pelo Búzios Vela Clube, o Brasileiro de 420 contou com a participação de 19 tripulações. A competição foi marcada pelos ventos fortes e pela belas disputas na raia da praia de Manguinhos. Além de Tiago e Andrei, outras duas duplas representaram o Jangadeiros no evento: Pedro Zonta/Thomas Rodrigues (10º lugar) e Lucas Aydos/Peter Nehm (11º lugar).

Velejadores formados na Escola de Vela Barra Limpa, do Jangadeiros, Tiago e Andrei são amigos de infância e competem em parceria desde 2012. No ano passado, a dupla conquistou diversos título na classe 420, como o do Campeonato Mundial Juventude, o da Copa da Juventude e o Estadual do Rio de Janeiro. Eles ainda foram vice-campeões brasileiros, sul-americanos e mundiais da classe.

Os campeões do Campeonato Brasileiro de 420:

Geral

Tiago Brito / Andrei Kneipp (Clube dos Jangadeiros/RS)

Júnior

Eric Belda / Rodrigo Dabus (Yacht Club Santo Amaro/SP)

Feminino

Letícia Nicolino Mareana Gouvea (Iate Clube Brasileiro/RJ)

Tiago Brito e Andrei Kneipp estão próximos do título brasileiro

Uma dupla do Jangadeiros vem roubando a cena no Campeonato Brasileiro da classe 420, que está sendo realizado desde a última segunda-feira, 20 de janeiro, em Búzios, no Rio de Janeiro. Velejadores formados na Escola de Vela Barra Limpa, Tiago Brito e Andrei Kneipp entraram na competição como favoritos ao título, mas o desempenho dos jovens de 17 e 18 anos, respectivamente, é impactante. Eles venceram simplesmente as sete regatas disputadas, abrindo uma vantagem de 12 pontos sobre os segundos colocados, os niteroienses Daniel Lombardi e Gabriel Nad Sequeira, do Clube Naval Charitas. A vantagem para a tripulação que está em terceiro lugar (Eric Belda e Rodrigo Dabus, do Yacht Club Santo Amaro) sobe para 15 pontos. As provas seguem neste sábado, quando Tiago e Andrei podem confirmar o título brasileiro.

Sediado pelo Búzios Vela Clube, o Brasileiro de 420 reúne 19 tripulações e vai até o próximo domingo, 26. Outras duas duplas representam o Jangadeiros na competição: Pedro Zonta/Thomas Rodrigues (10º lugar) e Lucas Aydos/Peter Nehm (11º lugar).

 

Classificação (após sete regatas e um descarte):

01º Tiago Brito / Andrei Kneipp (Clube dos Jangadeiros) – 6 pontos perdidos

02º Daniel Lombardi / Gabriel Nad Sequeira (Clube Naval Charitas) – 18 pp

03º Eric Belda / Rodrigo Dabus (Yacht Club Santo Amaro) – 21 pp

04º Antonio Aranha / Stephan Kunath (Yacht Club Santo Amaro) – 22 pp

05º Ricardo Paranhos / Marcelo Peek (Yacht Club Santo Amaro/Iate Clube de Brasília) – 29 pp

06º Thiago Ribas / Philipp Rump (Veleiros do Sul) – 32 pp

07º Felipe Diniz / Ivan Araguren (Yacht Club Argentino) – 41 pp

08º Leonardo Lombardi / Gabriel Ferreira da Silva (Clube Naval Charitas) – 46 pp

09º Gabriel Elstrodt / Philipp Essle (Yacht Club Santo Amaro) – 50 pp

10º Pedro Zonta / Lucas Aydos (Clube dos Jangadeiros) – 54 pp

11º Lucas Aydos/Peter Nehm (Clube dos Jangadeiros) – 58 pp

12º Letícia Nicolino Mareana Gouvea (Iate Clube Brasileiro) – 63 pp

13º Giuliana Tozzi / Elisa von Fritsch (Yacht Club Santo Amaro) – 84 pp

14º Rodrigo Luz / Lucas Peter (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 85 pp

15º Luise Wanser / Helena Wanser (Alemanha) – 90 pp

16º Luísa Gandolpho / Mariana Rittscher (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 90 pp

17º Júlia Correia / Natascha Böddener (Clube Naval Charitas) – 91 pp

18º Anica Kirchner / Mattes Weigelt (Alemanha) – 94 pp

19º Carolina Boeckh / Franziska Theophilo (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 119 pp

.

Foto: José Jordán/Arquivo.

Tiago Brito e Andrei Kneipp seguem imbatíveis em Búzios

Os velejadores Tiago Brito e Andrei Kneipp seguem imbatíveis no Campeonato Brasileiro da classe 420, que está sendo realizado desde a última segunda-feira, 20 de janeiro, em Búzios, no Rio de Janeiro. A dupla do Jangadeiros não vem dando chances para os adversários e venceu as cinco regatas realizadas até o momento. A diferença para os segundos colocados, os niteroienses Daniel Lombardi e Gabriel Nad Sequeira, do Clube Naval Charitas, já é de 13 pontos. “É o nosso último Brasileiro na classe, depois vamos velejar só de 470. Então, a meta é fechar com chave de ouro”, afirma Tiago, o timoneiro da dupla, que, em parceria com Andrei, foi campeão mundial da juventude e vice-campeão mundial e sul-americano da classe 420, em 2013.

Sediado pelo Búzios Vela Clube, o Brasileiro de 420 reúne 19 tripulações e vai até o próximo domingo, 26. Outras duas duplas representam o Jangadeiros na competição: Lucas Aydos/Peter Nehm (8º lugar) e Pedro Zonta/Thomas Rodrigues (10º lugar).

 

Classificação:

01º Tiago Brito / Andrei Kneipp (Clube dos Jangadeiros) – 5 pontos perdidos

02º Daniel Lombardi / Gabriel Nad Sequeira (Clube Naval Charitas) – 18 pp

03º Antonio Aranha / Stephan Kunath (Yacht Club Santo Amaro) – 22 pp

04º Eric Belda / Rodrigo Dabus (Yacht Club Santo Amaro) – 22 pp

05º Thiago Ribas / Philipp Rump (Veleiros do Sul) – 26 pp

06º Ricardo Paranhos / Marcelo Peek (Yacht Club Santo Amaro/Iate Clube de Brasília) – 26 pp

07º Leonardo Lombardi / Gabriel Ferreira da Silva (Clube Naval Charitas) – 42 pp

08º Lucas Aydos/Peter Nehm (Clube dos Jangadeiros) – 49 pp

09º Gabriel Elstrodt / Philipp Essle (Yacht Club Santo Amaro) – 50 pp

10º Pedro Zonta / Lucas Aydos (Clube dos Jangadeiros) – 50 pp

11º Felipe Diniz / Ivan Araguren (Yacht Club Argentino) – 51 pp

12º Letícia Nicolino Mareana Gouvea (Iate Clube Brasileiro) – 54 pp

13º Giuliana Tozzi / Elisa von Fritsch (Yacht Club Santo Amaro) – 73 pp

14º Júlia Correia / Natascha Böddener (Clube Naval Charitas) – 75 pp

15º Rodrigo Luz / Lucas Peter (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 77 pp

16º Luise Wanser / Helena Wanser (Alemanha) – 78 pp

17º Anica Kirchner / Mattes Weigelt (Alemanha) – 78 pp

18º Luísa Gandolpho / Mariana Rittscher (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 82 pp

19º Carolina Boeckh / Franziska Theophilo (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 100 pp

Foto: José Jordán/Arquivo.

Tiago e Andrei dominam primeiras regatas do Brasileiro de 420

Com um começo avassalador, os velejadores Tiago Brito e Andrei Kneipp lideram com folga o Campeonato Brasileiro da classe 420, que está sendo realizado em Búzios, no Rio de Janeiro. Iniciada na última segunda-feira, 20 de janeiro, a competição reúne 19 tripulações e vai até o próximo domingo, 26. A dupla do Jangadeiros venceu as três regatas disputadas e tem uma vantagem de nove pontos sobre os segundos colocados, Daniel Lombardi e Gabriel Nad Sequeira, do Clube Naval Charitas, de Niterói. Os paulistas Antonio Aranha e Stephan Kunath, do Yacht Club Santo Amaro, estão em terceiro lugar. “É o nosso último Brasileiro na classe, depois vamos velejar só de 470. Então, a meta é fechar com chave de ouro”, afirma Tiago, o timoneiro da dupla, que, em parceria com Andrei, foi campeão mundial da juventude e vice-campeão mundial e sul-americano da classe 420, em 2013.

Sediado pelo Búzios Vela Clube, o Brasileiro de 420 conta ainda com a participação de outras duas tripulações do Jangadeiros: Pedro Zonta/Thomas Rodrigues (8º lugar) e Lucas Aydos/Peter Nehm (10º lugar).

Classificação:

01º Tiago Brito / Andrei Kneipp (Clube dos Jangadeiros) – 3 pontos perdidos

02º Daniel Lombardi / Gabriel Nad Sequeira (Clube Naval Charitas) – 12 pp

03º Antonio Aranha / Stephan Kunath (Yacht Club Santo Amaro) – 13 pp

04º Thiago Ribas / Philipp Rump (Veleiros do Sul) – 13 pp

05º Eric Belda / Rodrigo Dabus (Yacht Club Santo Amaro) – 13 pp

06º Ricardo Paranhos / Marcelo Peek (Yacht Club Santo Amaro/Iate Clube de Brasília) – 15 pp

07º Leonardo Lombardi / Gabriel Ferreira da Silva (Clube Naval Charitas) – 24 pp

08º Pedro Zonta / Lucas Aydos (Clube dos Jangadeiros) – 30 pp

09º Letícia Nicolino Mareana Gouvea (Iate Clube Brasileiro) – 31 pp

10º Lucas Aydos/Peter Nehm (Clube dos Jangadeiros) – 31 pp

11º Gabriel Elstrodt / Philipp Essle (Yacht Club Santo Amaro) – 33 pp

12º Giuliana Tozzi / Elisa von Fritsch (Yacht Club Santo Amaro) – 36 pp

13º Felipe Diniz / Ivan Araguren (Yacht Club Argentino) – 40 pp

14º Rodrigo Luz / Lucas Peter (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 45 pp

15º Júlia Correia / Natascha Böddener (Clube Naval Charitas) – 46 pp

16º Anica Kirchner / Mattes Weigelt (Alemanha) – 46 pp

17º Luisa Gandolpho / Mariana Rittscher (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 50 pp

18º Luise Wanser / Helena Wanser (Alemanha) – 51 pp

19º Carolina Boeckh / Franziska Theophilo (Iate Clube do Rio de Janeiro) – 60 pp

 

Foto: Arquivo.

Duas duplas da classe 470 disputarão a Copa Brasil de Vela

A cidade de Niterói sediará o primeiro evento de vela voltado às classes olímpicas, em 2014. Trata-se da Copa Brasil, que reunirá cerca de 300 competidores, em dez classes: Laser Radial e Standard, 470 masculino e feminino, RS:X masculino e feminino, 49er, 49er FX, Finn e Nacra 17. E, claro, os velejadores do Jangadeiros estarão lá. Serão duas duplas, ambas na classe 470: Fábio Pillar/Mathias Melecchi e Tiago Brito/Andrei Kneipp (foto). Eles viajaram nesta sexta-feira, dia 3, para o Rio de Janeiro e disputarão as primeiras regatas na próxima terça-feira.

Agora ao lado de Mathias, Fábio quer retomar o posto de número um do Brasil e representar o país nos Jogos Olímpicos de 2016. “Este campeonato é um recomeço na caminhada rumo a 2016. Agora, definitivamente com o parceiro certo e com o treinamento em dia, iniciarei uma campanha olímpica como ela deve ser feita”, afirma o velejador porto-alegrense, que venceu a Semana Brasileira de Vela em 2013, competindo em parceria com Samuel Albrecht. “Talvez essa seja a competição mais parelha na história da classe 470 no Brasil. Vão ser pelo menos três duplas disputando o título e, neste momento, é muito difícil apontar um favorito”, pondera Fábio, que tem no currículo uma participação olímpica (Pequim/2008) e um título mundial, na classe Laser Radial, em 2006.

Se para Fábio e Mathias o objetivo é o título, Tiago e Andrei entrarão sem tanta pressão. Os jovens velejadores gaúchos são estreantes neste tipo de evento e começam a trilhar agora o caminho olímpico. “Estamos bem motivados, mas, em um primeiro momento, a ideia é ir para ver como funciona”, conta Tiago. Ele e Andrei vêm de uma série de excelentes resultados, obtidos na classe 420, em 2013. A dupla é a atual campeã mundial da juventude e vice-campeã mundial e sul-americana da classe. “Os guris são muito bons e tem o biótipo ideal para o barco. Pode anotar: eles vão vencer regatas em Niterói”, aposta Fábio.

A Copa Brasil de Vela

A Copa Brasil de Vela acontecerá de 4 a 11 de janeiro, na Praia de São Francisco, em Niterói, Rio de Janeiro. A ideia da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é que o desempenho dos velejadores na competição seja o principal critério para definir a equipe que irá representar o país no Mundial de Santander, em setembro, na Espanha. Além dos brasileiros, velejadores da Grã-Bretanha, Estados Unidos e Israel também confirmaram presença no evento, que é válido como Campeonato Brasileiro de classes olímpicas.

Tiago e Andrei levam o Troféu Edmundo Soares

Após um ano recheado de conquistas, os velejadores Tiago Brito e Andrei Kneipp receberam neste domingo, dia 8 de dezembro, o Troféu Edmundo Soares. O prêmio é uma homenagem do Clube dos Jangadeiros ao (s) iatista (s) ano, já tendo sido entregue, desde que foi criado, em 1981, a nomes como: Nelson Piccolo, campeão mundial de Snipe; José Luiz Ribeiro/Paulo Ribeiro, campeões pan-americanos de 470; George Nehm/Henrique Bergallo, campeões brasileiros de Snipe, Marco Aurélio Paradeda/Peter Nehm, representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos de 1984; André Fonseca/Rodrigo Duarte, representante brasileiros nas olimpíadas de 2004 e 2008; e Fábio Pillar, campeão mundial de Laser Radial.

Este ano, a escolha dos velejadores aconteceu através de uma votação, realizada no site do clube. Entre os feitos que levaram Tiago e Andrei a concorrer ao troféu estão o título do Campeonato Mundial da Juventude, em julho, no Chipre; e os vice-campeonatos brasileiro, sul-americano e mundial na classe 420. A dupla foi eleita com mais de 50% dos votos, superando Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling e o velejador Lucas Mazim.