Posts

Bruno Kneipp e Ian Paim defendem a camiseta do Janga no Mundial da Juventude, na China

O futuro da vela brasileira começa a sair do papel e entrar na água. Com 14 jovens velejadores, a delegação brasileira disputa o Mundial da Juventude, em Sanya, na China, campeonato realizado em parceria com o CBC (Comitê Brasileiro de Clubes). As regatas acontecem de 10 a 15 de dezembro, nas classes RS:X (masc. e fem.), 420 (masc. e fem.), Laser Radial (masc. e fem.), 29er (masc. e fem.) e Nacra 15 (aberta para duplas masculinas, femininas ou mistas). As primeiras estão previstas para esta segunda (11) e por causa do fuso, no horário de Brasília a competição começa na madrugada de domingo para segunda-feira.

Breno Kneipp e Ian Paim, nossos velejadores atuais campeões brasileiros na classe 29er, com muito orgulho, fazem parte da delegação que embarcou, na segunda, para competir no Mundial. A dupla vai defender a camiseta do Janga na categoria que os consagrou e os fez conquistar títulos importantes como o Estadual, o Sul-americano, o Interclubes e a Copa da Juventude, além do Brasileiro.

No domingo, a dupla participa da cerimônia de abertura do campeonato e na segunda (11) corre a primeira regata. A competição termina na sexta (15) com a solenidade de encerramento e premiação dos campeões.

O Brasil estará representado em todas as classes, com oito velejadores e seis velejadoras. A vela brasileira tem uma história de muitas conquistas no Mundial da Juventude, incluindo os ouros de Robert Scheidt (1991), Martine Grael e Kahena Kunze (2009), atletas que depois se tornariam medalhistas em Jogos Olímpicos. Nessa edição, nomes importantes da vela brasileira estarão presentes: André de Mari Fiuza, SP, Erik Gunnar Hoffmann, SC, Christine Marie Reimer, Santo Amaro (SP), Daniel Rocha Pereira, RJ, Carlos Eduardo Lins Monteiro Lopes, BA, entre outros.
Bons ventos a nossa delegação!

Bons ventos e sorte aos nossos velejadores!

Venha prestigiar a Vela Jovem em jantar no dia 6 de outubro

Compareça com o seu espírito solidário e contribua para o fundo das flotilhas do Janga. Ingressos na Escola de Vela ou com os atletas que competiram na Copa da Juventude 2017

Está se aproximando o dia do Jantar da Vela Jovem. No dia 6 de outubro (sábado), no Espaço Gourmet do Clube, os atletas da Copa da Juventude vão preparar um delicioso galeto ao custo de R$ 30,00 (bebidas à parte). Para crianças de até 12 anos, a janta tem um preço especial, no valor de R$ 15,00. A confraternização tem o objetivo de comemorar os resultados da Copa da Juventude 2017, realizada em Recife no início de setembro. A arrecadação vai para o fundo de vela de todas as flotilhas do Janga.

Na principal competição nacional da Vela Jovem, saímos campeões na classe 29er com Breno Kneipp e Ian Paim. Também subimos no pódio, na terceira colocação, com João Emílio Vasconcellos, na Laser Radial, e com Guilherme Plentz, na RS:X. Além disso, o Janga deixou a competição como a segunda melhor equipe na classificação geral!

Breno Kneipp e Ian Paim rumo ao mundial na China

Após vencerem com muita garra as 12 regatas disputadas na Copa da Juventude e conquistar o título de campeão da classe 29er da principal competição nacional da Vela Jovem, Breno Kneipp e Ian Paim já começam a se preparar para o Mundial da Juventude da World Sailing em Sanya, na China, entre os dias 9 e 16 de dezembro. Lembrando: a dupla também brilhou em março, quando levantou a taça para comemorar os títulos de campeões brasileiros e sul-americanos de 29er.

“No mundial estarão os melhores atletas de cada país. Daqui para a frente é baixar a cabeça, ir para a água e treinar muito. Acredito que se a gente fizer a nossa parte um bom resultado pode vir”.

Breno Kneipp

“O ano foi recheado de campeonatos. Nós treinamos bastante para cada um deles. Tivemos um desempenho excelente em todas as regatas da Copa da Juventude nacional e conseguimos driblar as dificuldades que sempre aparecem nos campeonatos. O resultado foi fruto do nosso trabalho”.

Ian Paim 

Equipe Jangadeiros se destaca em Recife

Vale destacar que além do título na 29er e das duas terceiras colocações de João Emílio Vasconcellos, na Laser Radial, e de Guilherme Plentz, na RS:X, o Jangadeiros deixou a competição como a segunda melhor equipe na classificação geral, com 270 pontos, sendo superado apenas pelo Yacht Clube da Bahia.