Posts

Campeão na ORC-INT e na RGS-BRA, Jangadeiros fecha o ano com cinco títulos estaduais

O último final de semana de etapas válidas pelo calendário da Federação de Vela do Rio Grande do Sul (Fevers) trouxe ótimos resultados para o Clube dos Jangadeiros. A temporada foi encerrada com as últimas regatas dos barcos de oceano e tanto na classe ORC-INT, com o San Chico 3 quanto na RGS-BRA, com o Abaquar, os atletas do CDJ saíram campeões.

“Este, sem dúvida, foi o melhor ano do San Chico 3. Já em janeiro fomos vice-campeões brasileiros, terceiro no Sul-americano, segundo lugar na Semana de Vela de Ilha Bela e agora, fechando 2016, ganhamos o Estadual. Sempre conseguimos estar entre os primeiros”, conta o comandante do SC3, Francisco Freitas.

A conquista na classe ORC-INT do campeonato gaúcho de Vela de Oceano teve uma atração especial entre a tripulação, o atleta olímpico Samuel Albrecht, o Samuca. “Sua presença foi muito importante, ele dividiu conosco suas experiências e ajudou em cada uma das posições”, confidencia Xico.

Apesar de o ano estar em sua reta final o San Chico 3 ainda tem uma agenda movimentada. A ideia é ainda fazer três treinos antes do réveillon visando o Circuito Atlântico Sul, que acontece em janeiro. Além disso, nas regatas em homagem aos 75 anos do Clube, que acontecem no próximo sábado (3) e domingo (4), a tripulação campeã estadual será substituída por alguns membros do barco Tempest e alguns cruzeiristas do Jangadeiros.

Lucas Mazim, o Sorriso, campeão da RGS com o Abaquar também avaliou o Estadual de Oceano. “Uma experiência única para mim. Foi a primeira vez que viajei no leme de um barco de oceano, mas com a experiência que trouxe do monotipo mais a ajuda do Paulinho Ribeiro, técnico da Fernanda Oliveira, que já foi dono do barco e conhecia muito da sua regulagem, e de outros velejadores experientes, como o Renê Garrafielo, foram fundamentais para esta conquista”.

Com estes dois títulos, o Clube dos Jangadeiros fecha o ano de 2016 com cinco conquistas estaduais. Além dos triunfos na Vela de Oceano, o próprio Lucas Mazim foi campeão de Snipe, ao lado de Alexandre ParadedaBreno Kneipp e Ian Paim também subiu no lugar mais alto do pódio na classe 29er e Antônio Rosa, o Totó, venceu no Laser Standart.

Totó foi outro que falou da emoção de ter vencido o Estadual na sua classe. “Fiquei muito feliz pelo titulo, por ter competido com velejadores muito experientes e de alto nível e mesmo assim saindo com a vitoria! Foram em torno de 20 barcos em água sobre condições de vento que foram bem difíceis, o que tornou a vitoria mais saborosa”, finaliza.

Parabéns a todos atletas que, em mais um ano, colocam o nome do Jangadeiros em destaque no cenário da vela nacional!