Posts

Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling conquistam o ouro no Chile

Com uma atuação de luxo, os velejadores Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling conquistaram nesta segunda-feira, 17 de março, a medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos. Os atletas do Jangadeiros não tomaram conhecimento dos adversários e dominaram do início ao fim as regatas da classe Snipe, que foram disputadas em Viña del Mar, no Chile. A dupla mostrou muito entrosamento em águas chilenas e nem precisaria velejar hoje. Paradeda e Bolinha planejavam ficar na torcida pelos colegas de equipe, mas a falta de vento desta segunda anulou as regatas do dia. “A gente chegou bem preparado, principalmente depois do Brasileiro, que foi disputado em fevereiro, então não tivemos muita dificuldade. A ideia hoje era aproveitar o dia para torcer pelos outros velejadores, mas, como não teve regata, vamos aproveitar o resto do dia para comemorar muito”, disse Bolinha, o proeiro da dupla.

Campeões brasileiros em fevereiro e terceiros colocados no último mundial, os velejadores não terão muito tempo para festejar. Assim que retornares do Chile, eles iniciarão a preparação para o 36º Campeonato Sul-Americano da classe Snipe, que acontecerá entre os dias 13 e 19 de abril, em Porto Alegre. Organizada pelo Clube dos Jangadeiros, a competição é parte da eliminatória para os Jogos Pan-Americanos de 2015. “Estamos nos dedicando muito, pois queremos fazer um grande Sul-Americano. Estes títulos recentes mostram que estamos no caminho certo”, avaliou Paradeda, um dos mais vitoriosos velejadores brasileiros de todos os tempos.

Quem também comemorou nesta segunda-feira foi a velejadora Geórgia Rodrigues da Silva, que, assim como Paradeda e Bolinha, é cria da Escola de Vela Barra Limpa. Gica, como é conhecida entre os amigos, integrou a tripulação campeã na classe J-24. Ela competiu ao lado de Samuel Albrecht, Alex Saldanha e Frederico Sidou.

.

Foto: Bernardita Grez. 

Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling lideram no Chile

Os velejadores Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling não estão dando chances para os adversários nos Jogos Sul-Americanos. Com cinco vitórias em seis regatas, a dupla do Jangadeiros lidera com folga na classe Snipe e está perto de garantir mais uma medalha de ouro para o Brasil. As provas começaram na última quarta-feira, dia 12, e estão sendo disputadas em Viña del Mar, no Chile. Paradeda e Bolinha são os atuais campeões brasileiros e integram a equipe brasileira de vela, grupo formado por 11 atletas, de cinco diferentes classes, que é apoiado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela).

Nesta sexta-feira, 14 de março, após dois dias de calmaria no Chile, o vento foi mais amistoso com os velejadores. Três regatas foram realizadas, duas com vento médio e uma com vento forte. Com isso, o descarte do pior resultado já está valendo. As provas vão até a próxima segunda-feira, dia 17.

.

Foto: PecciCom.

Xandi Paradeda e Bolinha largam da liderança da classe Snipe

Os velejadores Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling não se importaram com as difíceis condições desta quarta-feira, 12 de março, em Vinã del Mar, e terminaram o primeiro dia de regatas dos Jogos Sul-Americanos na primeira colocação da classe Snipe. A dupla do Jangadeiros venceu a primeira prova e obteve um terceiro lugar na segunda. Com isso, Xandi e Bolinha somam quatro pontos perdidos, contra seis dos irmãos chilenos Nicholas e Mathias Robertson. Os argentinos Luis Soubie e Diego Lipszyc estão em terceiro lugar, com oito pontos perdidos. As regatas seguem nesta quinta-feira, 13 de março, quando devem ser disputadas mais duas provas.

Saiba mais sobre o desempenho dos velejadores brasileiros nos Jogos Sul-Americanos aqui.

.

Foto: Divulgação/Arquivo.

Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling estreiam nesta quarta-feira

Os velejadores gaúchos Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling estreiam nesta quarta-feira, 12 de fevereiro, nos Jogos Sul-Americanos, que estão sendo realizados desde a última sexta-feira, dia 7, no Chile. A dupla do Jangadeiros representará o Brasil na classe Snipe, da qual é a atual campeã brasileira, sul brasileira e gaúcha. Eles integram a equipe brasileira, que é formada por 11 velejadores, de cinco diferentes classes. O grupo é apoiado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela).

Terceiros colocados no último campeonato mundial, Paradeda e Bolinha deixaram Porto Alegre no último sábado, 8 de fevereiro, e aproveitaram os últimos dias para treinar em Vinã del Mar, local em que acontecerão as provas de vela. Até o dia 17, quando termina a competição, estão programadas 11 regatas. A previsão indica ventos fracos, que devem aumentar no decorrer da semana.

A equipe brasileira de vela para os Jogos Sul-Americanos:

J24: Samuel Albrecht / Alexandre Saldanha / Frederico Sidou / Geórgia Rodrigues.

Laser Radial: Fernanda Decnop.

Laser Standard: Matheus Dellagnelo.

Lightning: John Bennett / João Hackerott.

Snipe: Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling.

Sunfish: João Pedro Souto de Oliveira.

Chefe de equipe: Eduardo Penido.

.

Foto: Gabriel Heusi/Arquivo CDJ.

Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling treinam no Chile

Os velejadores Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling viajaram no último sábado, 8 de fevereiro, para o Chile, onde participarão dos Jogos Sul-Americanos, o maior evento esportivo das Américas, realizado de quatro em quatro anos. A dupla do Jangadeiros já está treinando em Vinã del Mar, local em que acontecerão as provas de vela. Eles disputarão a regata de abertura (que não conta pontos) nesta terça-feira, dia 11. A previsão indica ventos fracos, que devem aumentar no decorrer da semana.

Além de Xandi e Bolinha, outros nove velejadores integram a equipe brasileira, que é apoiada pelo Comitê Olímpico Brasileiro e pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela). Confira quem são eles:

J24: Samuel Albrecht / Alexandre Saldanha / Frederico Sidou / Geórgia Rodrigues.

Laser Radial: Fernanda Decnop.

Laser Standard: Matheus Dellagnelo.

Lightning: John Bennett / João Hackerott.

Snipe: Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling.

Sunfish: João Pedro Souto de Oliveira.

Chefe de equipe: Eduardo Penido.

.

Foto: PecciCom.

Xandi Paradeda e Bolinha integrarão equipe brasileira

A partir do dia 7 de março, 14 dos melhores velejadores brasileiros estarão reunidos em Santiago, no Chile, para a disputa dos Jogos Sul-Americanos. Serão seis dias de regatas, com oito classes diferentes. E, assim como na última edição dos Jogos, disputada em Medellín, na Colômbia, em 2010, o Brasil promete fazer bonito e voltar com o ouro para casa. “Este é um evento que tem uma estrutura grande, parecida com a das olimpíadas, e serve como experiência para aos atletas que estão brigando por vaga nos Jogos do Rio 2016. Existem muitas modalidades em disputa e os velejadores poderão interagir com atletas de esportes diferentes e trocar experiências com eles”, disse Ricardo Lobato, Secretário Executivo da CBVela.

A classe Snipe terá como representante mais uma vez a dupla gaúcha Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling (foto), do Jangadeiros. Os dois velejam juntos desde 2008 e conquistaram a medalha de bronze na última edição dos Jogos. Xandi, o mais experiente da dupla, tem também no currículo a participação nos Jogos Olímpicos de Atenas e Pequim na classe 470 e a medalha de ouro na Snipe no Pan de 2007.

Na Laser Radial, a niteroiense Fernanda Decnop tem tudo para garantir o segundo título do ano. Em janeiro ela conquistou em águas pernambucanas o tricampeonato brasileiro da modalidade, provando mais uma vez por que é a líder do ranking nacional. A velejadora segue firme em preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Na Laser Standard, o catarinense Matheus Dellagnelo, que também foi campeão brasileiro em janeiro, provou no mesmo mês na regata da medalha da Copa Brasil de Vela, que tem talento de sobra ao vencer Robert Scheidt.

Já na Sunfish, quem irá representar o Brasil é o carioca João Pedro Oliveira. Como o barco não possui flotilha no país, o critério de seleção foi o Campeonato Brasileiro de Laser 4.7, no qual ele foi campeão.

Na classe Lightining, um trio paulista. Os irmãos João e Maria Hackerott irão velejar ao lado de John Bennet. A vaga veio junto com o título brasileiro de 2013.

Entre as pranchas a vela, a modalidade escolhida foi a Formula Experience e os representantes brasileiros serão Paulo dos Reis, de Ilhabela, campeão mundial da modalidade, e Bruna Martinelli, de Vitória, campeã brasileira em 2013.

Na J/24, mais uma equipe 100% gaúcha. Sob o comando de Samuel Albrecht estarão Alexandre Rimoli, Frederico Sidou e Georgia Rodrigues. O time também foi campeão brasileiro em 2013, correndo em casa.

Os Jogos Sul-americanos

Disputados a cada quatro anos, os Jogos Sul-Americanos são o maior evento esportivo das Américas, com 43 modalidades reunidas. Serão 12 dias de competição, entre os dias 7 e 18 de março. As regatas da vela começam dia 12 e seguem até o dia 17.

Na última edição, disputada em Medellín, na Colômbia, em 2010, o Brasil conquistou nada menos que cinco medalhas na vela. São elas:

.

Ouro

RS:X: Albert Carvalho.

.

Prata

Laser Standard: Bruno Fontes.

Lightining: Claudio Bieckark, Gunar Ficker e Marcelo Silva.

Snipe: Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling.

.

Bronze

Laser Radial: Odile Ginaid.

.

Equipe Brasileira de Vela para os Jogos Sul-Americanos 2014:

Formula Experience Masculino: Paulo dos Reis.

Formula Experience Feminino: Bruna Martinelli.

Sunfish: João Pedro Souto de Oliveira.

Laser Radial: Fernanda Decnop.

Laser Standard: Matheus Dellagnelo.

Lightning: John Bennett / João Hackerott / Maria Hackerott.

Snipe: Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling.

J24: Samuel Albrecht / Alexandre Rimoli / Frederico Sidou / Geórgia Rodrigues.

Chefe de equipe: Eduardo Penido.

Técnicos: Bruno di Bernardi / Alexandre Saldanha / Adriana Kostiw.

Os velejadores brasileiros irão para os Jogos Sul-Americanos com o apoio do COB.

Fotos: Kyra Mirsky, Fred Hoffmann/PecciCom e VDS.