Ilha

A idéia da implantação da Ilha dos Jangadeiros surgiu ainda na década de 40, quando Leopoldo Geyer publicou artigo na revista Yachting Brasileiro com uma perspectiva da futura ilha que seria necessária para abrigar barcos de maior porte, sujeitos à fúria do Minuano, o forte e frio vento que varre o rio Guaíba, especialmente nos meses de inverno e início da primavera.

Até o início dos anos 60 a Ilha era apenas uma idéia até que Geraldo Tollens Linck, comodoro na oportunidade, começou a trabalhar forte pelo projeto. O que seguiu foi um verdadeiro milagre. Graças a liderança e pertinácia de Geraldo, uma ilha começou a surgir no Guaíba dobrando os incrédulos e lançando as bases de um novo Jangadeiros. Depois de 15 anos de trabalho constante onde o apoio dos poderes públicos e dos associados foi primordial, a Ilha dos Jangadeiros transformou-se em realidade e em patrimônio de Porto Alegre.

Hoje denominada oficialmente Ilha dos Jangadeiros – Geraldo Tollens Linck, uma justa homenagem ao seu grande artífice, o complexo sócio-esportivo é o centro nevrálgico das atividades do clube, com instalações capazes de garantir o seu perfeito funcionamento, tudo em ambiente de cartão postal, tal a beleza do lugar criado. A ilha tem cerca de 7 hectares de área e uma fauna e flora dignas de nota. É um verdadeiro santuário ecológico debruçado sobre o pôr do sol do Guaíba.

Um monumento vivo ao idealismo e à perseverança.