LOGO-JAN - sem fundo branco - Cópia

Jangada News – 5 de outubro de 2018





Jangada News
Newsletter do Clube Jangadeiros . Porto Alegre . Edição 5 de outubro de 2018
 

noticias

 

É neste sábado! DIA DA CRIANÇA no Janga

Recreação, tobogã, cama elástica, hora do lanche e muito mais. A garotada vai adorar a programação que inicia com o Futebol Sete, das 9h às 13h, e depois segue a partir das 15h com mais diversão. Bom momento para as famílias “curtirem” o alto astral do Janga

noticias

 

AULA EXPERIMENTAL DE VELA: “É uma sensação de conquista que fica para a vida”.

No último sábado (29), o Janga ficou colorido com a presença das crianças que participaram da Aula Experimental de Vela. Além da equipe da Escola de Vela Barra Limpa, os sócios e velejadores Francisco Freitas e Eduardo Pellanda colocaram a mão na massa compartilhando fotos e vídeos do evento

noticias

Vídeo assinado por Eduardo Pellanda:   https://www.youtube.com/watch?v=x4U8lgsbHGU

Acompanhem a conversa com o Eduardo Pellanda, também professor e pesquisador da PUCRS, que ficou impressionado com a seriedade com que os alunos encararam a aula e as tarefas.

Que benefícios o aprendizado na Escola de Vela traz à criança?

Eu era uma criança agitada e cheia de energia, a Escola e a vela me ensinaram a ter paciência e entender a natureza, além da responsabilidade de ser comandante da sua própria embarcação. São aprendizados que eu levei para toda a vida e me transformaram como pessoa. Ao voltar para vela me lembrei de como foram importantes estes anos da minha infância e adolescência.

Quem da sua família participou da experiência?

Meu sobrinho, o Rodrigo Pellanda. Ele veleja conosco no iL Maestro e no Tanictis e pegou gosto. Fez a aula experimental, adorou e já está matriculado. Vai ser muito legal ver ele tendo estes mesmos aprendizados para a vida.

noticias

Professor Eduardo Pellanda, o sobrinho Rodrigo e o irmão Roberto: “Rodrigo fez a aula experimental, adorou e já está matriculado”

noticias

 

Na filmagem, o que você mais observou nos pequenos?

Me chamou a atenção a seriedade como eles encararam a aula e as tarefas ao mesmo tempo que sentiram orgulho pelas conquistas. Foi isso que eu senti aos nove anos, é uma sensação que fica para a vida.

E a sua história no Janga?

Ingressei em 1981 na escola de Vela Barra Limpa com nove anos de idade. Meu pai, Luiz Ernesto, comprou o título no mesmo ano e foi colaborador intenso da Flotilha da Jangada e do Clube. Velejei até perto dos 15 anos e depois ainda cheguei a correr regatas de Pinguim e de Oceano com o meu tio Aristóteles Bourscheid, que foi outro grande incentivador.

Fiquei um tempo afastado do Janga para tocar a minha carreira de professor e pesquisador na PUCRS. Voltei mesmo em 2013 quando comprei um Delta 26 do meu tio que tinha um significado muito especial para a nossa família. Dois anos depois, trocamos para um Delta 32 e no ano passado construímos do zero um Delta 36, o iL Maestro 2 que ficou como sonhávamos. Minha esposa, Mágda Cunha, é a grande incentivadora para voltar ao Clube e velejar.

noticias

noticias

noticias

 

Bruno Prisco e Andrea Schaeffer conquistam o pódio  na  REFENO 30 ANOS

Parabens à tripulação do Entre Polos, na qual estavam os nossos velejadores Bruno e Andrea, 3º lugar na categoria Aço da Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha. Entre 60 embarcações de diferentes lugares do mundo, eles dividiram o pódio com o Kat, da famosa família Schurmann, primeiros brasileiros a dar a volta ao mundo em um veleiro, e com o Endurance

noticias

Comandante Gigante estava a frente da tripulação vitoriosa do Entre Polos  

noticias

Foi uma regata fantástica. Já nos primeiros 30 minutos tivemos um susto. Ficamos sem a roda de leme, arrebentou os cabos de aço que movimentavam o leme. O que poderia ter sido uma desistência frustrante transformamos em um desafio. Avançamos somente com o piloto automático e conseguimos trocar e ajustar cabos, ajustar tudo em pouco mais de uma hora.

O vento não baixou de 15 nós, média de 20 com rajadas de 25, ondas de 1.5 a 2.5m e algumas, perdidas, de 3m. Na chegada um swell de Nordeste que por momentos impediu inclusive o desembarque. Todos ingredientes para uma regata com muita emoção. Agradecimento especial ao comandante Gigante e a nossa tripulação formada pela Cleuza Miranda (esposa do Gigante), pela Andrea Schaeffer, também do Janga, pelo Giovani e pelo Ronald. Todos muito parceiros e amigos. Que venham as próximas REFENOS, quem sabe com o meu Talassa.”

Cruzeirista Bruno Prisco

1º Encontro de Clubes Náuticos: Um final de semana que ficou na história

Iniciativa pioneira da Sociedade Amigos da Marinha de Porto Alegre reuniu mais de 300 pessoas da comunidade náutica do Rio Grande do Sul no último final de semana (29 e 30 de setembro) 

 noticias

A abertura oficial do evento foi realizada pelo Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante José Renato de Oliveira diante de uma plateia formada pelas comodorias dos clubes náuticos do Estado, autoridades e amigos da Marinha. Um dos momentos altos do encontro foi a palestra ministrada pelo Capitão dos Portos de Porto Alegre, Amaury Marcial Gomes Júnior. Em sua explanação, ele destacou os 10 Mandamentos da Segurança na Navegação:

1º) Faça a manutenção correta da sua embarcação; 2º0 Tenha a bordo o material de salvatagem; 3º0 Respeite a lotação da embarcação e tenha a bordo coletes salva-vidas para todos os tripulantes; 4º) Mantenha os extintores de incêndio em bom estado de conservação e dentro da validade; 5º) Ao sair, informe o seu plano de navegação ao seu iate clube, marina ou condomínio; 6º) Conduza sua embarcação com prudência e em velocidade compatível para evitar acidentes; 7º) Se consumir bebida alcoólica, passe o timão para alguém habilitado que não tenha consumido bebida alcoólica; 8º) Mantenha a distância de 200 metros da linha base das praias e dos banhistas; 9º) Respeite a vida, seja solidário, preste socorro; 10º) Não polua o mar.

“Só podemos agradecer e louvar a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 5º Distrito Naval e da Capitania Fluvial de Porto Alegre, por esta importante oportunidade de integração, aprendizado e convivência. O Jangadeiros tem relações de parceria de muitas décadas com a Marinha e está sempre a postos para contribuir em tudo que estiver ao seu alcance. Desde já, estamos aguardando a segunda edição do evento. Parabéns a todas as equipes envolvidas com o encontro.”

Manuel Ruttkay Pereira

noticias

Atletas e oficiais da Marinha Geórgia e Amanda Rodrigues acompanharam o 1º Encontro de Clubes Náuticos no último sábado

noticias

Colabore com a Campanha do Brinquedo do Grêmio da Marinha do Brasil

Arrecadação está sendo feita nas caixas de doações até o dia 10 de outubronoticias

 

Velejar está no sangue de Ivan Seibel

Conheça um pouco mais sobre o nosso sócio urologista. Ele e a esposa Stela  plantaram cerca de 200 mudas de orquídeas que embelezam e florecem no Janga

noticias

Ivan Seibel a bordo do Pommerland ao lado da esposa Stela Maris, netos e filho 

Aproveitar o silêncio, o bater da água no casco e apreciar o momento. Isso é o que faz Ivan Seibel quando está no seu Pommerland, um Müller 315, ancorado no trapiche 5. Sócio do Clube há cinco anos, Ivan é médico urologista, já foi professor da UNISC por muitos anos e hoje, com 71 anos, mora em Venâncio Aires com a esposa Stela Maris. “Velejar é um lazer muito gostoso. Gosto de morar no barco nos finais de semana, curtir o balanço. A água e os barcos estão no sangue, pois meus antepassados, desde o século XVII, foram pescadores no Reno, na cidade de Hamm am Rhein, na Alemanha”, relembra.

Há 20 anos, Ivan também pratica o jornalismo, são 14 livros publicados nesse período. Atualmente mantém duas colunas em jornais e duas participações em programas de rádio, além de editar semanalmente o informativo eletrônico Folha Pomerana Express. “Gosto muito do Jangadeiros. Me sinto em casa. Gostaria de usufruir mais, mas como estamos viajando bastante e envolvidos com a nossa mudança para um apartamento, temos vindo menos a Porto Alegre”, lamenta.

noticias

Admirador da natureza, há um ano e meio plantou a primeira leva de orquídeas no Jangadeiros, e há cinco meses a restante. Hoje, são em torno de 200 mudas que florescem e embelezam a paisagem. “Temos ainda umas cinco vezes a quantidade de orquídeas aqui em casa, e levando algumas para o Clube podemos nos sentir um pouco mais no nosso lar. Além disso, meu pai foi um apaixonado defensor da natureza e como fui criado em uma fazenda bem no interior, também aprendi a apreciar esta maravilha do mundo verde”, relata. O sonho de Ivan é viver em um grande jardim, por isso sempre que possível leva mudas para o clube afim de deixá-lo ainda mais belo.

Pai de quatro filhos – Vanessa, Guilherme, Ivan e Tomás – Seibel é colorado por obrigação. “Na minha família só tem colorado. Há 48 anos atrás até noivei na frente do estádio do Inter. Tenho a impressão que se me arriscasse a torcer para outro time apanharia em casa e de rolo de massa”, brinca. Descendente de alemães, o velejador adora saborear um Esbein, joelho de porco, prato típico da culinária alemã. Fotografar é outra paixão do nosso sócio. O casal é autor de milhares de registros, do pôr-do-sol à microfloras dos gramados.

É tempo das belas e sedutoras orquídeas!

Seduzidos pela beleza natural das orquídeas, botânicos e floristas sempre souberam que existe algo muito especial nessas top models do mundo das plantas. Agora, a história dessa vedete floral terá de ser reescrita: novas descobertas sugerem que as orquídeas surgiram quando os dinossauros ainda percorriam a superfície do planeta.

Investigando na República Dominicana, uma equipe de cientistas encontrou, perfeitamente preservados no interior de uma pedra de âmbar, grãos do pólen de uma orquídea grudados nas asas de uma abelha de 20 milhões de anos. Até então, os botânicos especializados em história das plantas eram obrigados a basear os seus cálculos em alguns poucos exemplares fossilizados na tentativa de detectar a origem dessas plantas, mas a descoberta, recém-publicada pela revista científica Nature, sugere que as orquídeas surgiram em tempos muito remotos, mais especificamente há 85 milhões de anos.

noticias

noticias

noticias

noticias

noticias

 noticias

 

NOTÍCIAS DO JANGA

https://glo.bo/2BXCYo7 Globo Esporte.com

noticias

Jangada News
Nosso Facebook Nosso Twitter Nosso site Nosso Instagram