LOGO-JAN - sem fundo branco - new

Jangada News – 24 de agosto de 2018





Jangada News
Newsletter do Clube Jangadeiros . Porto Alegre . Edição 24 de agosto de 2018

 

Vamos juntos! Janga convida para ações que integram o DIA MUNDIAL DA LIMPEZA, em 15 de setembro

Clube está mobilizando sócios, velejadores de todas as classes, lanchas, familiares, alunos e professores da Escola de Vela Barra Limpa a se engajarem na World Cleanup Day, movimento internacional que está envolvendo mais de 200 cidades brasileiras e cerca de 150 países.

Também haverá mutirão de coleta de lixo eletrônico. União nessa gigantesca ação cívica de limpeza de lixo e resíduos em praias, rios, florestas e ruas

noticias

“A maior ameaça ao nosso planeta é a crença de que outra pessoa irá salvá-lo”

                                                               Robert Swan

Um grupo de facilitadores, capitaneados pelo vice-comodoro Administrativo PEDRO PESCE, o cruzeirista CRISTIAN YANZER e o atleta RAFAEL PARADEDA, está trabalhando para inserir o Janga nessa poderosa onda verde que esta unindo pessoas de todos os continentes até sábado (15 de setembro). O movimento no Janga, realizado em parceria com o Greenpeace, Blog Impacta o Mundo e a ONG Toda a Vida, irá envolver dois mutirões: a coleta de lixo eletrônico (pilha, bateria, celular, impressora, cabo de celular, computador, secador de cabelo, panela, telefone, etc) em um contêiner que ficará bem à vista no Continente, próximo ao restaurante Pimenta Rosa.

Outro grande momento, que irá congregar todos os clubes náuticos da capital, será a limpeza das áreas ribeirinhas do Guaíba, principalmente da Ilha do Presídio. Com horário, inicialmente previsto para às 13h30min (programação definitiva será divulgada em breve), as embarcações partirão com sacos de lixos e luvas para o mutirão. A ação deverá estar finalizada em torno das 17h com a catalogação dos resíduos pelos alunos de Biologia da UniRitter e a retirada pelo DMLU. O Jangadeiros será o QG oficial de chegada da coleta de todos os Clubes.

E para encerrar, os participantes serão recebidos no Janga com a apresentação DANÇA DO LEÃO pelo Centro Cultural Chinês, coordenado pelo professor Sérgio Queiroz. Folclore chinês, o ritual é realizado para espantar os maus espíritos, trazer sorte, felicidade e prosperidade.                                       

noticias

Parceiros na mobilização: vice-comodoro Pedro Pesce, cruzeirista Cristian Yanzer, atleta Rafael Paradeda (ausente na foto), Aline (Blog Impacta o Mundo), Cínthia Bordini (Greenpeace) e Lígia Miranda (ONG Toda a Vida)  

Por que estamos envolvidos?

• 1,3 milhões de t de lixo são gerados por ano no mundo e somente 20% deste lixo é                    direcionado para reciclagem.

• Menos de 400 milhões, ou 31%, são direcionados para aterros. E os restantes?

• Estão hoje nos rios, lagos, oceanos, foram queimados ou deixado nas ruas.

• Todos os anos, sabe-se que 8 milhões t de lixo são jogados nos oceanos 

    Dados da Let´s Do It, Estônia 2018

 

Em um belo dia de sol, a V COPA QUEBRA GELO celebrou a vela de Oceano

Parabéns a todos os vencedores e, em especial, à afinada tripulação do Delirium, comandada por Darci Rebelo, campeã da mais competitiva classe do campeonato, a ORC Internacional

 noticias

Os ventos fracos da competição que oscilaram entre 3 a 5 nós não reduziram o calor da disputa e o bom clima da confraternização na Escola de Vela Barra Limpa. “A Quebra Gelo acontece em uma época em que vento é inconstante. Tradicionalmente é difícil, tem que manter um olho na vela e outro nas marolas para detectar previamente o que está acontecendo na raia. A disputa foi acirrada na água com mudanças radicais de percurso devido ao vento ter rondado de 180º”, explica o comandante DARCI REBELO. 

Na classe RGS, o título é do Drakkar, do comandante LEONARDO SANT’ANNA, também do Jangadeiros. Na Microtonner 19, venceu o Batucada, do comandante JOSÉ EDUARDO ARAÚJO (SAVA). O valente Viking, acostumado a velejar por lugares improváveis, de CRISTIAN YANZER, trouxe mais uma medalha para o Clube. Ficou em 1º lugar no Velejaço, na Muller 315. Já na Cruzeiro 30, o Stromboli, do comandante PEDRO CHIESA, mais um do Jangadeiros, foi o barco campeão. No comando do Calafate, GUSTAVO BOHER (Veleiros do Sul) levou o título na Cruzeiro 26.

“Foi muito bacana mesmo com vento fraco. Os adversários eram muito qualificados e a tripulação está de parabéns. Além de tudo, fez um baita dia”, comentou LEONARDO SANT´ANNA.

noticias

 

Darci Rebelo: “Eu sempre convido a todos: Venham velejar. Às vezes, a gente briga na raia, mas é algo sempre muito construtivo e gratificante. Acabamos nos envolvendo na regata e esquecendo os problemas do dia a dia”

Quando tinha doze anos, há 44 anos, Darci queria ser velejador, mas os pais não deixaram. “Um amigo velejava no Jangadeiros, mas eles achavam perigoso”. Um dia o menino ganhou um mini buggy, só que o motor fundiu: “O que fiz? Botei uma vela e fiquei andando. Nem se sonhava falar em windcar”.

Depois desta primeira experiência na vela, aos 18, o desejo de velejar continuava. Darci , então, comprou um barco Hobie Cat. Aos 19, casou e ganhou de presente de lua de mel uma estadia no Club Med, na Bahia. Ao chegar lá ficou deslumbrado com as aulas de vela. “Minha esposa, a Toly, costuma brincar que fiquei mais na água, aprendendo a velejar de Windsurf e Laser, do que em terra”.

Alguns anos depois, Darci comprou um Oday-23. Alternava as regatas de Hobie Cat com os passeios com a família. A esposa Toly era parceira das velejadas de Oday-23 com os filhos pequenos. “A Toly é valente, já velejou de Pelotas para Porto Alegre com 30 nós de vento. Não enjoa e nem se assusta. Não é regateira, mas até já correu uma regata noturna de Hobie Cat. São 37 anos de cumplicidade”.

Em 1997, o novo barco foi um Delta 32. Momento que começou a correr na classe RGS. “Ganhamos vários campeonatos”. Foi depois a vez da IMS, atual ORC. “Era uma classe muito disputada. Na primeiro regata que corremos, o prêmio era um carro zero quilômetro. Era muito competitivo, pois vinham barcos da Argentina, Uruguai, São Paulo e Rio para competir conosco, Até que começamos a nos dar conta de que podíamos vencer na IMS e depois na ORC também”.

“Muito mais do que uma tripulação, esta é a Família Delirium”

A tripulação de amigos do oceano, que venceu a disputa no último sábado (18), conta com seis velejadores, além de Darci: Carlos Silva, Régis Silva, Christian Hofstaetter e Eduard Wilson. “A tripulação também tem outros membros que velejam e comem churrasco juntos há décadas, o Carlos Felipe Hofstaetter, o Tiago Silva e o Marcus Silva. Muito mais do que uma tripulação, esta é a Família Delirium”.

Os irmãos Carlos e Regis Silva, parceiros de Darci na tripulação há cerca de 22 anos, comemoram a longa data com o comandante: “Aprendemos muita coisa juntos, passamos por muitas dificuldades também”, lembra Carlos. Regis, de 37 anos, diz que começou a velejar aos 16, “mas a minha primeira regata foi com o barco Delirium, com o Darci”, frisa.

O dia a dia do campeão é atribulado. Envolve as tarefas em um escritório, onde exerce o Direito – ele também é formado em Engenharia -, mas sempre encontra tempo para o barco. O comandante tem na vela uma “terapia”, em suas próprias palavras.

Darci tem três filhos, Nikolai, Aleksei e Natasha, uma neta, Laura. Mais dois netos que estão a caminho, os gêmeos Lucca e Bento. “Meus filhos correram algumas regatas, mas acabaram tomando outros rumos”, conta.

noticias

noticias

noticias

noticias

noticias

noticias

noticias

noticias

 noticias

Mais competições com as REGATAS FEVERS neste final de semana (25 e 26)

A vela volta a movimentar o Janga. Confira as regatas do calendário da Federação de Vela do Rio Grande do Sul programada para este sábado e domingo. A largada está prevista para às 14h nas classes Snipe, Laser Radial e 4.7, 420, 470 e 29er

noticias

 noticias

Faltam três dias para começar o MUNDIAL DE OPTIMIST no Chipre

Energia boa e muita torcida mandamos daqui do Janga para o nosso jovem Lorenzo Balestrin que esta semana está suando a camiseta no campeonato preparatório para o Mundial no Chipre. Na segunda-feira (27), inicia uma nova experiência que certamente vai elevar ainda mais o amadurecimento e a qualidade técnica deste campeão

noticias

noticias

Equipe brasileira está mostrando a sua raça no Chipre, com o técnico Filipe Novello, o “Tijolo”. Lorenzo Balestrin é o 5º , da esquerda para a direita

noticias

O guri é o primeiro, vela 4074, vamos torcer ! 

noticias

Bruno Prisco compete na histórica 30ª edição do REFENO 2018

Conhecido como um fotógrafo (não profissional) de alta sensibilidade e de aventuras por lugares de tirar o fôlego de tanta beleza, o cruzeirista Bruno está a caminho de Recife para iniciar, no dia 29 de setembro, a Regata Internacional que encerra nas águas cristalinas de Fernando de Noronha

noticias

Bruno (à esquerda): “Sou um aprendiz, uma grande amigo e parceiro do comandante Ademir de Miranda, o “Gigante”. É a sexta vez que ele participa da Refeno 

Tudo na Refeno começou em 1986, com apenas 22 participantes. O mar, o vento, o clima de Pernambuco e as irresistíveis paisagens da região atraem, cada vez mais, velejadores de todo o mundo. BRUNO PRISCO e comandante ADEMIR DE MIRANDA, o “Gigante”, partiram do Rio embarcados no experiente Entre Pólos, de 42 pés. Até encontrar os amigos que completarão a tripulação de seis velejadores para competir na classe Aço, os dois fizeram uma parada em Abrolhos, onde está concentrada a maior diversidade marinha do Atlântico Sul, em uma extensa área terrestre que vai do Rio Doce, no norte do Espírito Santo, ao Rio Jequitinhonha, que fica ali no finzinho da Costa do Descobrimento, no sul da Bahia. Neste sábado (25), está prevista a chegada em Salvador. 

Os barcos partem do Marco Zero, ponto turístico do Recife, no dia 29 de setembro e seguem com destino a Fernando de Noronha. São 295 milhas náuticas de percurso, ou 545 km entre céu e mar. Mas não é apenas o barco que chega primeiro que recebe prêmio na regata mais charmosa do Brasil. Além do Fita Azul, os três primeiros colocados das diversas classes também recebem troféus. Outras premiações também fazem a alegria dos competidores, como o primeiro estrangeiro a cruzar a linha de chegada, o barco que vem de mais longe, o tripulante mais jovem, o mais velho e o barco com maior percentual de mulheres a cruzar a linha de chegada e não termina por ai, ainda tem prêmio para o penúltimo colocado que leva o Troféu Tamar: tartaruga marinha.

noticias


ABROLHOS: Com área de 95 mil quilômetros quadrados e 300km de costa, Abrolhos é uma região formada por rios, montanhas, remanescentes de Mata Atlântica e distintos habitats, como manguezais, praias, restingas, recifes de coral e bancos de algas calcárias, em grande parte protegidos hoje por unidades de conservação (UCs). Um destino que ocupa um lugar especial no imaginário brasileiro, graças à beleza de suas ilhas e à vida no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, a 72km da cidade de Caravelas, na Bahia.

 noticias

noticias

noticias

noticias

 MUDANÇAS NO SITE: vai ficar mais interativo, atualizado e de fácil acessibilidade

Já está em processo de criação a nova versão que irá dar mais agilidade, visibilidade e eficiência à Comunicação do Janga

noticias

 noticias

Jangada News
Nosso Facebook Nosso Twitter Nosso site Nosso Instagram