IMG_9967

XVII Troféu Cayru é neste sábado e domingo!

Tradicional competição do Rio Grande do Sul realizada pelo Jangadeiros reúne as categorias ORC International, BRA-RGS, Bico de Proa (somente para barcos que vão disputar a fita azul da regata longa), J-24; Microtoner 19, Velejaço, Regata em Solitário.

O troféu Cayru, que chega na sua 27ª edição neste final de semana (7 e 8), foi criado para homenagear o barco Cayru, de Leopoldo Gayer, patrono fundador do Clube dos Jangadeiros. Em 1935, quando ainda era chamado de Cayruzinho, foi lançado ao mar para celebrar os 100 anos da Revolução Farroupilha.

Nas vésperas do evento, os competidores se enchem de expectativas e se preparam para encarar as regatas ao longo do próximo final de semana que prometem ser de muita disputa.

Vencedor da classe ORC da Copa Cidade de Porto Alegre este ano e vice do Circuito Conesul, no último mês, a embarcação Hobart, do comandante Airton Schneider, espera fechar o ano com mais um ótimo resultado. “Estamos entusiasmados para disputar a ponta novamente. O importante é se divertir e fazer uma grande festa”, destaca. Certeza mesmo é que, independente da colocação, o famoso churrasco no Hobart está garantido. “Enchemos de gente o barco para poder testar sua flutuabilidade”, brinca Schneider.

 

Darci Rebello: “No contorno da Ilha das Pombas há muita variação de vento, o que torna o troféu ainda mais desafiante”

Outra presença garantida e de muita competitividade no Cayru é a tripulação de Darci Rebellocom o Delirium. Rebello espera um campeonato parelho e de alto nível técnico, características notáveis da competição. “É sempre muito disputada. No contorno da Ilha das Pombas há muita variação de vento, o que torna o troféu ainda mais desafiante. Também como há um menor número de regatas, não havendo descarte, há menos espaço para erros”, avalia.

Segundo o coordenador da Comissão de Regatas do Janga, Carlos Henrique de Lorenzi, o Dedá, o Cayru deve contar com com cerca de 35 barcos nas principais categorias. “Convém lembrar que, na categoria Fita Azul, qualquer barco pode competir. Não havendo necessidade de medição. Quem chegar na frente leva”, esclarece.

Além disso, o Diretor de Cruzeiro, Henrique Freitas, convida a todos para o Velejaço na classe Cruzeiro, a partir das 13h do domingo.

Saiba todos os detalhes pelo Aviso de Regatas!